Strans adota medidas em terminais de integração para evitar aglomeração

Os terminais de integração das zonas Sul e Leste estão funcionando a partir desde sábado, 04, com a área de embarque de passageiros com faixas de demarcações no piso com distância de 1,50m para que os usuários utilizem enquanto aguardam o transporte. Os fiscais dos terminais  também irão fazer o controle da quantidade de pessoas em cada veículo para evitar aglomerações. Após a lotação recomendável, os demais passageiros serão encaminhados para um  ônibus reserva.

Até a próxima segunda-feira, 06, os oito terminais de integração de todas as zonas de Teresina também estarão funcionando com essas mesmas determinações.

Para Weldon Bandeira, gestor da Strans,  é importante a compreensão dos usuários para evitar casos de aglomerações que vinham sendo verificados nos últimos dias. “Observamos que esta semana teve um aumento no número de passageiros nos terminais em relação à ultima semana quando foi verificada redução de 90% dos passageiros. Essas medidas são para evitar que os usuários estejam expostos aos riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Pedimos a colaboração das pessoas para que respeitem os limites especificados nas demarcações para o seu próprio bem e de sua saúde”, solicita.

Segundo Coronel Jaime Oliveira, diretor de Operação de trânsito da Strans, as medidas estão sendo executadas pelos fiscais do sistema de transporte público que atuam nos terminais, com o apoio de policiais militares e guardas civis municipais. “É um trabalho em equipe para que tenhamos bom resultado. O ideal seria o isolamento social em obediência às orientações da Organização Mundial de Saúde e demais autoridades, mas quando não é possível temos que ter outras alternativas”, diz, informando que tem o apoio dos comandantes dos Batalhões do Convênio STRANS / PM- PI e da Guarda Civil Municipal.

 

Nesse período de pandemia do Covid-19, está decretado estado de calamidade e por meio do Decreto Municipal Nº 19.541 de 23 de março passado que está em vigor, o transporte público de passageiros está funcionando com frota mínima, prevista na Constituição.

Prefeitura faz sanitização dos terminais de integração, estações de passageiros e paradas de ônibus

Nesta terça-feira, 31, foi realizada a sanitização dos oito terminais de integração, de todas as estações de embarque e desembarque de passageiros e também das paradas de ônibus abertas de varias avenidas de todas as zonas da cidade. Essa é uma ação como forma de manter a população de Teresina mais protegida e no combate à disseminação do novo coronavírus.

A Prefeitura de Teresina realiza essa sanitização com a pulverização de solução de água com hipoclorito de sódio, por meio de bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros.

O superintende da Strans, Weldon Bandeira, informa que essa sanitização é necessária porque o serviço de transporte coletivo está funcionando para atender a quem necessita. “Como parte da luta contra o coronavírus, a Prefeitura de Teresina está fazendo a desinfecção de todos os terminais, estações de embarque, paradas de transporte coletivo. Essa ação deve ser feita com regularidade, enquanto durar a quarentena”, diz.

O gestor informa também que teve redução de 90% na quantidade de usuários dos transportes coletivos. “Acreditamos que somente aqueles usuários que trabalham nos serviços essenciais estão se deslocando pela cidade e reforçamos que os demais devem permanecer em casa”, fala.

Marco Antônio Ayres, secretário da Semduh,  explica que a sanitização deverá acontecer de duas a três vezes por semana, nos turnos da manhã em praças, parques, canteiros centrais de grandes avenidas e áreas públicas com grande fluxo de indivíduos.

Essa ação é em conjunto com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina.

 

Ônibus, estações e terminais de integração têm higienização intensificada

Por recomendação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), foi intensificada a limpeza diária dos ônibus, estações e terminais de integração. Os consórcios do transporte público começaram o trabalho na noite da última terça-feira (17) como mais uma forma de conter a disseminação do novo Coronavírus.

Os veículos que estão em circulação receberam cuidados de higienização redobrados, com a limpeza de pisos, assentos, catracas, portas e suportes. As estações e terminais de integração também estão recebendo serviços de limpeza intensificados.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, alerta que, mesmo com a higienização redobrada desses espaços, é necessário que o usuário também adote cuidados pessoais. “As pessoas devem lavar as mãos com mais frequência e, durante o uso de transportes coletivos, devem higienizar as mãos o mais rápido possível após a utilização”, aconselha.

A Strans também determinou que todos os ônibus devem circular com as janelas abertas, inclusive os que têm ar condicionado. Também será estendida a validade dos cartões de estacionamento dos idosos e deficientes que venceriam este mês para 30 de abril. Com essa prorrogação as pessoas não precisam se deslocar até a Strans para fazer a renovação dos cartões.

Terminais de Integração têm programação com concertos natalinos

Com a proximidade das celebrações de Natal os usuários dos transportes públicos de Teresina estão podendo usufruir de momentos de lazer nos Terminais de Integração com concertos natalinos. A atividade é realizada pela Superintendência de Transportes e Trânsito (Strans) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC).

As apresentações musicais acontecem das 6h30 às 7h30 e das 18h às 19h. “Os concertos com músicas natalinas são para alegrar as pessoas e uma forma de tornar o ambiente dos terminais mais humanizados”, afirma o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

A programação desta quarta-feira (11) é das 18h às 19h, no Terminal Livramento, com apresentação do Quinteto Maestro Duda. No mesmo horário, no Terminal Bela Vista, se apresenta o grupo Tremembones.

Já na quinta-feira (12) no Terminal Livramento, das 18h às 19h, se apresenta o Quarteto OST. No Terminal Bela Vista o concerto de natal é com o Quinteto Mestre Duda e no Terminal Parque Piauí a apresentação é da Orquestra Sanfônica.

Confira a programação completa

Terminais da zona Leste terão ônibus para a Missa da Misericórdia nesta quarta-feira

Para facilitar o deslocamento de quem pretende ir às comemorações dos 10 anos da Missa da Mirsericórdia, nesta quarta-feira (06), alguns ônibus operarão de forma extraordinária. Os veículos sairão dos terminais Santa Lia e Zoobotânico, zona leste, para o Complexo Turístico Ponte Estaiada, onde acontece o evento, a partir das 15h40. O retorno começa a acontecer a partir das 21h30.

Os ônibus são do Consórcio Urbanus e farão horários extras para atender a população daquela área da cidade. O gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, fala que é mais um serviço para facilitar os deslocamentos. “É importante que as pessoas possam usar os serviços de transporte público em eventos de grande concentração de pessoas porque não existe vaga suficiente para estacionamento de carros particulares”, diz.

Agentes de Trânsito da Strans estão no local desde a manhã desta quarta-feira, 6, fazendo a organização do trânsito na região da Ponte Estaiada e permanecerão até por volta das 23h.

Saídas de ônibus do Terminal Zoobotânico

Às 16h, 16h35 e às 17h.

Saídas do Terminal Santa Lia

Às 15h40, 16h, 16h20, 17h e às 17h20.

Saída da Ponte Estaiada para Terminal Zoobotânico

Às 21h50, 22h10

Saída da Ponte Estaiada para terminal Santa Lia

Às 21h30, 22h e às 22h15

Deficientes visuais recebem atendimento dos fiscais nos terminais de integração

Nos terminais de integração, os fiscais conduzem os deficientes visuais até que estejam acomodados dentro do ônibus. Esse é um serviço que agrada a quem necessita de orientação para fazer os deslocamentos dentro dos terminais, que atendem as especificações técnicas de acessibilidade.

O casal de deficientes visuais Luiza de Sousa Ferreira e Antônio Carlos de Sousa utilizam diariamente o Terminal Zoobotânico, zona Leste de Teresina, e constata que esse atendimento facilita o deslocamento.

Segundo Luiza, o serviço contribui para que ela se desloque mais rápido e com segurança. “O fiscal e o motorista são gentis no atendimento e eu gosto porque fica fácil ir até o ônibus que eu preciso”, declara.

Para Antônio de Sousa é útil receber essa atenção por parte dos fiscais. “Eu acho bom o serviço e gosto porque os fiscais e os motoristas auxiliam a gente. Só peço que os motoristas tenham mais atenção para que o ônibus fique bem perto da entrada da plataforma para que a gente não tenha nenhum perigo de cair no espaço entre o ônibus e a plataforma”, diz.

A engenheira da Strans Adelia de Melo explica que as plataformas nos terminais foram construídas com dispositivos para garantir a segurança dos usuários. “Esses dispositivos são taxões que auxiliam o balizamento do ônibus junto à plataforma e assim o ônibus fica o mais próximo possível da plataforma para que não haja espaço que comprometa a segurança do usuário”, afirma.

Ela informa que as estações e os terminais estão dentro das normas de acessibilidade. “Todos têm piso tátil, rampas e semáforos sonorizados para auxiliar com segurança os deslocamentos dos deficientes visuais”, destaca.

Obras dos terminais de integração da zona Leste estão em fase de conclusão

As obras dos terminais de integração do Santa Lia e do Zoobotânico, ambos localizados na zona Leste da cidade, estão agora em fase de finalização. A área construída do Terminal do Santa Lia é de 2.028 mil metros quadrados. Ele fica localizado na Rua Ângelo Martins Pessoa, próximo da Avenida Zequinha Freire e tem investimento no valor de R$ 3.014.216, 09.

Já a área construída do Terminal do Zoobotânico é de 2.900 mil metros quadrados. A obra no valor de R$ 4.100.418,39 está localizada na Avenida Presidente Kennedy, ao lado do Parque Zoobotânico.

De acordo com engenheira da Strans, Adélia de Melo, o formato e funcionamento dos terminais são padronizados. “Os dois terminais foram construídos no mesmo padrão dos demais terminais de integração e terão um funcionamento semelhante aos outros. Estamos na última etapa da obra”, enfatizou.

Ao todo, são oito terminais, dos quais quatro (Itararé, Livramento, Bela Vista e Parque Piauí), nas zonas Sudeste e Sul, já foram concluídos e estão funcionando diariamente. Os terminais da zona Leste (Santa Lia e Zoobotânico) e zona Norte (Buenos Aires e Rui Barbosa) estão em fase de conclusão.

A construção dos terminais é um importante passo no sistema de mobilidade urbana da capital, pois deverá agilizar e diminuir o tempo de viagens dos usuários. À medida que os terminais de cada zona forem concluídos, devem começar a funcionar oferecendo mais mobilidade à cidade. A expectativa é que, com a conclusão dos terminais e dos corredores exclusivos para os ônibus, o transporte público ganhe mais agilidade e consequentemente será oferecido um serviço de mais qualidade.

Lei proíbe comércio de ambulantes nos terminais de integração

Conforme previsto na Lei Municipal de número 3.610/2007 é proibido o exercício da atividade de ambulantes no interior dos terminais de integração do sistema de transporte urbano de Teresina.  A medida tem como objetivo garantir a segurança tanto dos ambulantes como das pessoas que circulam nos terminais.

De acordo com o gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, o regulamento de funcionamento dos terminais proíbe que vendedores ambulantes atuem no local. “Desde o início da elaboração dos projetos dos terminais não foi permitido o comércio no local. Precisamos que essa regra seja respeitada para evitar que ocorra maiores problemas”, disse.

Guerra reforça que todos os terminais estão recebendo cercas e catracas para garantir mais agilidade e segurança para os usuários do sistema de transportes públicos de Teresina, com isso é necessário que seja respeitada Lei Municipal que proíbe a atividade ambulantes no local.  “Precisamos contar com a colaboração das pessoas, pois essa medida visa proporcionar mais segurança para todos”, finalizou.