Programa Transporte Eficiente vai aumentar atendimento de cadeirantes

Com o funcionamento de 17 microônibus  para o programa Transporte Eficiente, que atende cadeirantes em deslocamentos pela cidade, Teresina aumenta a capacidade de atendimento, passando de 160 para 200 pessoas por dia. Esse crescimento é devido aos quatro veículos adquiridos e entregues na manhã desta quinta-feira (20) pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho, na sede da Superintendência Municipal de Transportes Trânsito (Strans). Na capital, é maior o número de pessoas com sequelas graves e que ficam com a mobilidade reduzida devido a acidentes de trânsito.

Fabíola Araújo Machado de 22 anos é estudante do curso de administração e utiliza o Transporte Eficiente há oito anos. “Uso diariamente para ir à faculdade, fazer fisioterapia e outras necessidades que eu tenho de locomoção. Gosto mais desse serviço do que os ônibus convencionais, porque tudo é executado conforme as nossas necessidades”, comenta.

O prefeito Firmino Filho adiantou que mais um veículo será adquirido ainda este ano para atender os cadeirantes cadastrados no sistema. “A Prefeitura de Teresina vai atender mais pessoas que necessitam desse serviço com a entrega desses quatro veículos novos e já estamos providenciando mais um. A frota, que era de 13 carros, vai passar para 18 veículos que darão a garantia de atendimento a mais pessoas que necessitam deste serviço essencial”, revela.

Weldon Bandeira, superintendente da Strans, destaca que o atendimento está sendo ampliado com recursos da Prefeitura de Teresina. “O investimento com recursos próprios foi de R$ 3,3 milhões, no ano passado, com o custo operacional do programa. Com os novos microônibus em operação este ano o valor deve ser em torno de R$ 4 milhões”, explica. O investimento com os quatro novos veículos entregues foi de R$ 1, 4 milhão, sendo R$ 851 mil de recursos da Prefeitura de Teresina e o complemento de emendas parlamentares.

Usuária dos veículos do Programa Transporte Eficiente, Amparo Sousa, presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Teresina (ADEFTE) e vice-presidente do Conselho Estadual  de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CONEDE/PI), celebra a conquista, que era uma solicitação das entidades. “Fizemos reunião com o prefeito com a solicitação de novos veículos e estamos sendo atendidas. Temos muito o que celebrar”, pontua.

Programa Transporte Eficiente

Cerca de duas mil pessoas estão cadastradas no programa, que funciona com agendamento pelo telefone 0800 086 3122, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h. O veículo vai até o local onde usuário está e conduz ao destino todos os dias da semana, em três turnos. Nos casos de deslocamentos nos finais de semana, o usuário deverá fazer solicitação via ofício.

Terminais Rui Barbosa e Buenos Aires iniciam funcionamento no final deste mês

A partir do dia 29 de fevereiro, os usuários do transporte coletivo da capital que moram ou têm a zona Norte como parte do seu itinerário poderão utilizar o Sistema Inthegra na região. As estações localizadas nos corredores Norte e os terminais Rui Barbosa e Buenos Aires estarão disponíveis para a população.

O Terminal de Integração Rui Barbosa está localizado na Rua Anísio Pires com a Rua Rui Barbosa com área de 8.196,40 m² e extensão da plataforma de embarque e desembarque de 90m, sendo o investimento total de R$ 3.198.040,76. Já o Terminal de Integração Buenos Aires está localizado na Avenida União com Avenida Jerumenha, com área de 7.325,27 m² e plataforma de embarque e desembarque de 120 m, sendo o investimento total de R$ 3.522.010,01. Com mais esta implantação, serão oito terminais disponíveis nas quatro zonas de Teresina: Terminal Rui Barbosa, Buenos Aires, Itararé, Livramento, Santa Lia, Zoobotânico, Parque Piauí e Bela Vista.

O superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Weldon Bandeira, enfatiza que os terminais estão sendo feitos para proporcionar conforto aos usuários do transporte público. “Com a operação dos terminais, vamos adquirir uma mobilidade mais segura e eficaz na região Norte. Nesta fase inicial contaremos com o apoio das equipes do “Posso Ajudar”, que estarão nas estações para tirar as principais dúvidas dos usuários do sistema”, explica.

Weldon reforça, ainda, que todos os terminais possuem bicicletário para atender as necessidades das pessoas que têm a bicicleta como meio de locomoção. “A zona Norte é a região da cidade com mais pessoas que têm a bicicleta como meio de locomoção e esse público será bem atendido com a disponibilidade dos bicicletários nos dois terminais”, acrescenta o superintendente.

O gerente de Planejamento da Superintendência Municipal  de Transportes e trânsito (Strans), Denilson Guerra, esclarece que além tornar o transporte coletivo na região mais ágil, o Sistema Inthegra também preza pela acessibilidade. “Com o início do Sistema Inthegra na região Norte, o tempo de locomoção será reduzido. Além disso, é importante reforçar que os terminais foram construídos respeitando a Lei da Acessibilidade, que atenderá bem as pessoas com deficiência”, reforça.

Denilson ressalta que para utilizar o benefício da integração as pessoas precisam ter o cartão eletrônico. “Os usuários devem utilizar o cartão eletrônico para conseguir integrar e assim se deslocarem até outros bairros pagando apenas uma passagem”, informa o gerente.

Com o início da operação, devem passar, diariamente, cerca de 20.700 mil passageiros no Terminal Rui Barbosa e 17.300 mil passageiros no Terminal Buenos Aires. Sendo quatro linhas alimentadoras e três troncais no Rui Barbosa e quatro linhas alimentadores e quatro troncais no Buenos Aires. Além da linha interterminal, que conectará os dois terminais, totalizando aproximadamente 80 veículos.

Confira  aqui as adaptações nas linhas.

Foto: Renato Bezerra

 

Ponte da Amizade será interditada a partir desta sexta no sentido Teresina para Timon

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans) interditará a Ponte da Amizade, no sentido Teresina-Timon, nesta sexta-feira (14), a partir das 17h; no sábado (15), também a partir das 17h; e no domingo, o bloqueio será a partir das 15h, sendo liberado o tráfego por volta das 4h da manhã. Os bloqueios acontecerão devido ao pré-carnaval da região, o Zé Pereira de Timon.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, explica que os condutores podem transitar por vias alternativas enquanto a ponte estiver bloqueada.

“Os condutores podem pegar vias alternativas, como a Ponte Metálica e a Ponte da Tabuleta. É importante planejar a rota antes de se deslocar para evitar aborrecimentos. Vamos ter que fazer o bloqueio porque a festa acontecerá na Avenida Piauí, via onde os veículos saem quando cruzam a Ponte da Amizade”, esclarece o gestor.

Definidos pontos de estacionamento no dia do Corso

Já estão definidos os pontos de serviços de táxi e mototáxi durante a realização do Corso de Teresina, que acontece neste sábado (15), na Avenida Raul Lopes. As pessoas que necessitarem desse tipo de transporte, poderão procurar pelos pontos específicos, que são estratégicos para o deslocamento.

Não haverá vagas específicas para carros particulares, mas podem ser utilizadas ruas perpendiculares à Avenida Raul Lopes. A recomendação é que as pessoas evitem esse transporte pelas dificuldades de estacionamento.

O gerente de Operação e Fiscalização da Strans, Denis Lima, esclarece que os pontos de táxi e mototáxi são definidos para facilitar a saída dos veículos para todas as áreas da cidade. “Estamos orientando as pessoas a optarem pelo uso de táxi, mototáxi ou transporte coletivo para ir para o evento, pois é mais seguro e evita outros problemas”, acrescenta.

Quanto ao transporte por aplicativo, a legislação diz que é um serviço particular e não pode ter vagas determinadas. “A Lei 13.640 de marco de 2018, especifica no Art. 4º, inciso X – transporte remunerado privado individual de passageiros: serviço remunerado de transporte de passageiros, não aberto ao público, para a realização de viagens individualizadas ou compartilhadas solicitadas exclusivamente por usuários previamente cadastrados em aplicativos ou outras plataformas de comunicação em rede”.

Pontos para táxi e mototáxi no Corso:

Avenida Elias João Tajra (entre Rua Demerval Lobão e Avenida Raul Lopes).
Avenida Universitária próximo a ADUFPI.
Avenida Dom Severino próximo a alça de acesso da Ponte Estaiada.
Avenida Petrônio Portela, próximo a alça da ponte da Primavera.
Avenida Raul Lopes, próximo ao Pintos Shopping e à rotatória do Parque Potycabana.

Linhas de ônibus mudarão itinerário durante o Corso

Com a interdição de vias para a realização do Corso de Teresina, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) realizará desvios no itinerário de quatro linhas de ônibus que passam pelo entorno da Avenida Raul Lopes e seus acessos. As mudanças acontecem neste sábado (15), nas linhas 563 e 365, a partir das 6h, e vias Shopping Norte/Sul e Sudeste, a partir das 12h. A circulação dos ônibus voltará ao normal assim que as vias forem liberadas.

As linhas 563 e 365 deverão utilizar a Ponte Estaiada, usando a Avenida Ininga para retornar para a Avenida Universitária. A linha Via Shopping Norte/Sul deverá acessar a Rua Lima Rebelo e retornar pela Avenida João XXIII, já a linha Via Shopping zona Sudeste irá acessar a Avenida Raul Lopes pelo Teresina Shopping na volta do Centro.

O diretor de Transportes Públicos da Strans, Adriano Barreto, assegura que os itinerários estão sendo modificados para garantir a fluidez das rotas do transporte público. “Queremos evitar possíveis transtornos e estaremos fiscalizando o cumprimento desses itinerários”, completa Adriano.

Taxistas têm até o final de março para fazer a renovação do alvará

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans) convoca os taxistas para fazerem a renovação do alvará e realizarem as vistorias nos veículos. O prazo terminará no dia 31 de março. Em Teresina, 1.994 taxistas estão cadastrados na superintendência.

O gerente de licenciamento e concessão, Rômulo Rêgo, explica que os taxistas precisam comparecer a Strans para preencher o requerimento e anexar os demais documentos que são exigidos para fazer a renovação.

“Precisamos fazer esse procedimento para atualizarmos os dados dos veículos e taxistas, além de garantir para população maior segurança no transporte”, afirma o gestor.

Ao fazer a renovação, os veículos passam por uma vistoria para que sejam analisadas a parte elétrica e física do carro.

Os documentos necessários para a renovação são:

Requerimento com assinatura do requerente presencial no protocolo;

Cópia da Permissão Original ou Protocolo;

Cópia do documento do veículo;

Cópia da CNH atual com observação de apto a transporte remunerado;

Cópia da aferição do relógio (INMETRO);

Cópia curso para taxista;

Certidão criminal da Justiça Federal;

Certidão Criminal da Justiça Estadual 1ª Instância, caso positivo, apresentar Certidão Criminal da Justiça Estadual 2ª Instância;

Cópia Certidão Negativa de Débito do Município;

Cópia Alvará de funcionamento do município;

Cópia comprovante de residência.

Clique aqui para imprimir o requerimento.

Corredor da Rui Barbosa terá 50 vagas de estacionamento

A Prefeitura de Teresina está construindo 50 vagas de estacionamento ao longo do corredor da Rua Rui Barbosa, zona norte,  atendendo a reivindicação dos comerciantes e moradores da região. Nos últimos dias, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) intensificou o ritmo das obras.

Até agora, já foram construídas 22 vagas de estacionamento nas proximidades do Residencial Zilda Arns e outras serão construídas em frente à Escola Municipal Antônio Gayoso. Outras 20 serão disponibilizadas ao longo de três quarteirões, entre as ruas Cabo Amador e Monteiro Lobato.

A Strans também já concluiu toda a sinalização vertical e horizontal dos corredores e das faixas exclusivas e compartilhadas de ônibus.

O diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, engenheiro Augusto Basílio, adianta que ainda estão sendo feitos e estudos e análises de mais melhorias naquela área da cidade. “Essa via é muito importante para a cidade e a Prefeitura de Teresina está investindo em infraestrutura para melhoria do sistema de transporte coletivo”, diz.

Placas de sinalização são colocadas próximo aos radares estáticos nas vias de Teresina

Os radares estáticos que ficam localizados em algumas avenidas de Teresina estarão acompanhados de placas de sinalização. Com a medida, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) espera que os condutores fiquem mais atentos aos limites de velocidade das vias.

De acordo com o diretor de Trânsito e Sistema Viário, Augusto Basílio, as placas serão de 50 e 60 km/h. Elas serão posicionadas a alguns metros à frente dos aparelhos.

“Dessa forma, os condutores que estiverem trafegando pela via, poderão visualizar a placa antes do aparelho. É uma forma de chamar a atenção do motorista para que ele respeite o limite de velocidade da via”, explica o gestor.

As localizações desses radares são divulgadas semanalmente nas redes sociais da Strans e da Prefeitura. A lista também pode ser encontrada no site da PMT.

Strans inicia campanha de organização do trânsito próximo às escolas

Teve início nesta segunda-feira (3) a campanha de volta às aulas com a organização de fluxo de veículos em cruzamentos próximos a algumas escolas da cidade. A ação é desenvolvida pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) com a presença de agentes de trânsito em cruzamentos do centro e da zona leste.

As ações acontecem das 6h às 8h, das 11h30 às 13h30 e das 17h às 19h, que são os horários com maior fluxo de veículos nas proximidades das escolas. O objetivo é dar maior fluidez ao trânsito. “Estamos contribuindo também para garantir a travessia segura de pais e alunos nas vias próximas às escolas nos horários de pico em vários cruzamentos”, explica o agente de trânsito Ricardo Braga.

O comerciário Weldson Morais, que trabalha em uma loja na esquina da Avenida Campos Sales com a Rua 24 de Janeiro, afirma ter presenciado alguns acidentes na região porque os condutores não obedecem à sinalização. “Nos horários de pico o trânsito fica difícil, pois muitos carros trafegam nessas ruas. A equipe da Strans atuando hoje aqui ajudou muito na organização para evitar acidentes”, diz.

A Strans executa campanhas educativas para conscientizar os condutores de veículos a não obstruírem as vias na frente das escolas e realizarem paradas e estacionamento em locais permitidos todos os anos no início de períodos letivos.

O agente Ricardo Braga orienta ainda para que os pais procurem sair mais cedo de casa e estacionem em ruas paralelas ou antes dos prédios escolares em locais permitidos. “Observamos que a maioria quer a comodidade de parar o veículo o mais perto possível da entrada da escola e esse hábito provoca congestionamentos e aborrecimentos. O melhor é ter consciência e bom senso”, analisa.

Reajuste da tarifa de ônibus será abaixo da inflação e valor fica R$ 4,00 inteira

O prefeito Firmino Filho assinou nesta sexta-feira (31) o decreto que definiu o novo valor da tarifa de ônibus em Teresina. A passagem inteira será R$ 4,00 e a estudantil, de R$ 1,35.  O reajuste foi de 3,89%, índice abaixo da inflação, que ficou em 4,31%, e menor que o valor apresentando na planilha ao Conselho Municipal de Transporte. Os novos valores passam a vigorar a partir desta segunda-feira (3) de fevereiro.

O decreto ressalta que o reajuste foi necessário para manter o equilíbrio do sistema de transporte coletivo. Em reunião realizada esta semana, o Conselho de Transporte havia analisado o estudo tarifário do transporte público, que apontou a necessidade de um reajuste no percentual de 9,59%, o que elevaria o valor da passagem inteira para R$ 4,22, e para R$ 1,40 a de estudante.

O superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Weldon Bandeira, explica que o valor da tarifa do transporte coletivo em Teresina poderia ser menor se houvesse, por parte do Governo do Estado, a isenção do ICMS sobre os combustíveis e do IPVA sobre os veículos.

A passagem poderia ser algo em torno de R$ 3,60 se acontecesse o mesmo que em outros lugares, onde existe a isenção de ICMS, que aqui é de cerca de 31%. Os custos dos combustíveis representam cerca de 25% do preço da tarifa. Em Teresina, os valores com mão de obra, juntamente com os encargos, compõem cerca de 50% do preço da tarifa. Em outras cidades, esse custo está, em média, em torno de 38%”, afirmou.

Ele informa que, em 2019, a Prefeitura de Teresina subsidiou o custo do sistema com aproximadamente R$ 8,2 milhões. “Lembramos que os estudantes presentam 26,77% do total de pagantes e ainda têm a gratuidade,  que é de 15,29%”, acrescentou.

Os dados do parecer técnico apresentados ao Conselho Municipal de Transporte de Teresina especificam a inflação acumulada no ano, que foi de 4,31%, INPC de 4,48% e a variação do preço do litro do diesel acumulado em 2019, que foi de 10,56%.  Além desses índices que entram nos custos da planilha, tem sido verificada uma queda de cerca de 10% na quantidade de passageiros no sistema.

 

Decreto tarifa 2020