Blitzen Educativas no Centro diminuíram irregularidades mas fluxo de veículos permanece intenso

Desde o dia 4 de junho, estão sendo realizadas Blitzen Educativas no Centro da capital pelos agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Após 19 dias de operação, as equipes detectaram a redução das irregularidades, mesmo com o fluxo de veículos ainda intenso na área central. A ação tem como objetivo organizar e reduzir a aglomeração de veículos e pessoas durante a pandemia da Covid-19.

As principais irregularidades cometidas na região do centro comercial são estacionamentos em filas duplas e locais proibidos, próximo à esquina e debaixo de placas de sinalização.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, explica que as infrações permanecem, mas que houve uma redução comparado ao início da operação. “Temos constatado uma redução nas irregularidades da região central. Após as blitzen as pessoas passaram a redobrar os cuidados e estão respeitando as leis de trânsito, mas alertamos que o fluxo de veículos permanece intenso e pedimos que as pessoas só se desloquem para o Centro em caso de extrema necessidade”, pontua.

Denis ressalta, ainda, que mesmo em tempos de pandemia a legislação de trânsito deve permanecer, visto que a circulação de veículos continua e tem sido intensa. “Somos um serviço público de fiscalização que envolve a preservação da vida. Uma das formas de garantir a segurança dos nossos condutores e pedestres, é realizando o monitoramento das vias. Portanto, seguiremos com as Blitzen”, completa o gerente.