Strans intensifica operações de fiscalizações do transporte clandestino remunerado em Teresina

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) executa diariamente o trabalho de operação e fiscalização de enfrentamento e combate ao transporte clandestino remunerado de passageiros em Teresina, em vários pontos da cidade para garantir um trânsito mais seguro.

As operações de fiscalizações são realizadas por meio das equipes de fiscalização e dos Agentes de Trânsito da Strans em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM), apreendendo veículos clandestinos e irregulares cumprindo o que determina a lei municipal 4.942/2016 que institui normas para coibir a atividade econômica que consiste no transporte clandestino ou irregular de passageiros e estabelece penalidades para quem age ilicitamente.

Na manhã da última segunda-feira (12), a Strans realizou operação de combate ao transporte clandestino de passageiros com início na Praça do Poti Velho, na zona Norte de Teresina, com o monitoramento da equipe de fiscais da Gerência de Fiscalização e Controle, que avistaram veículos praticando o transporte irregular de passageiros no local, entre vans e micro-ônibus. A operação teve o seu encerramento no Centro de Teresina.

“Durante a operação foram fiscalizados quatro veículos, onde dois deles estavam regulares perante todas as exigências cadastrais e foram liberados. Os outros dois veículos foram autuados pela lei 13.855/2019, que dispõe sobre o transporte remunerado não licenciado. Os veículos foram apreendidos e conduzidos para o pátio”, pontua o gerente de Fiscalização e Controle da Strans, Igor Meirelles.

Ainda no último dia 05, a Strans realizou uma operação de fiscalização e fez a apreensão de um veículo micro-ônibus que rodava clandestinamente na região da zona Sul, e após a operação constatou que houve uma redução significativa na quantidade de veículos clandestinos nesta zona. Constantemente as equipes da Strans recebiam denúncias de clandestino, após a apreensão deste veículo reduziram os avistamentos e as denúncias na região.

Além da fiscalização, a Strans vem realizando campanhas educativas de conscientização junto a população através das mídias sociais recomendando que os usuários utilizem apenas o transporte regulado.

A Strans lembra que o transporte clandestino de passageiros coloca em risco a vida dos passageiros, bem como transitar com o veículo efetuando transporte remunerado de pessoas ou bens, quando não for licenciado para esse fim ou sem permissão da autoridade competente é infração gravíssima penalizada com multa e remoção do veículo. Além do que, quem for flagrado realizando o transporte clandestino passará por um Termo Circunstanciado de Ocorrência e poderá sofrer sanções penais previstas em lei.

Strans e PRF fortalecem parceria na integração de sistemas de fiscalização em Teresina

O superintendente, Cláudio Pessoa, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) recebeu a visita do superintendente substituto, Inspetor Wilson Cardoso, da Polícia Rodoviária Federal (PRF/PI) para tratar sobre a parceria entre os órgãos com o objetivo de ampliar a fiscalização integrada, com a troca de informações, cooperação na área de tecnologia com câmeras, sistemas de inteligência. O encontro aconteceu na segunda-feira (14).

A intenção é estreitarmos a relação e trabalharmos a tecnologia no combate aos crimes e às infrações de trânsito. “A PRF é uma parceira da Strans e reafirmamos nosso acordo para manter junto a esta instituição um trabalho forte na área de fiscalização e educação de trânsito, e como parceiros estamos aproveitando a estrutura que a PRF possui para também coibirmos dentro do município, tanto as infrações como os crimes que forem flagrados”, pontua o superintendente da Strans, Cláudio Pessoa.

O superintendente substituto, Inspetor Wilson Cardoso, da Polícia Rodoviária Federal (PRF/PI) explica que o encontro com a equipe foi para fortalecer a parceria com a Strans para promover a segurança pública na cidade de Teresina como um todo.

“Promover a integração de sistemas entre os orgãos para auxiliar tanto a Strans na fiscalização, como a Strans nos auxiliar na nossa fiscalização diária, no nosso serviço, a partir de um compartilhamento de dados de veículos, de pessoas, de forma a facilitar a fiscalização da Strans ao longo do município de Teresina. O sistema já está integrado e a PRF já passou o acesso a Strans que iniciou desde o começo desse mês”, declara Wilson Cardoso.

A reunião contou com a presença do superintendente executivo da PRF/PI, Inspetor Ricardo Basílio e o membro da equipe técnica da PRF/PI, Américo Júnior.

 

Strans intensifica fiscalização e atendimento a denúncias de usuários

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está intensificando as ações de fiscalização nos diversos bairros da cidade. Os fiscais percorrem diariamente os bairros e locais onde há denúncia de usuários de transportes, condutores e pedestres.

Em um dos pontos visitado pela equipe de fiscais da Gerência de Fiscalização e Controle de Transporte Público da Strans, a usuária do transporte público denunciou que os ônibus não estariam parando no ponto de ônibus da praça do bairro Morada do Sol, na zona leste da cidade, em virtude de obstrução causada pelos comerciantes no local.

O gerente de Fiscalização e Controle de Transporte Público da Strans, Deryck Ferreira, esteve com a equipe no local e conta que foi constatado irregularidades, comerciantes ocupando a parada de ônibus, obstruindo a passagem de pedestres e do cadeirante e causando uma alta taxa de trânsito por conta do comércio no local.

“Nossa equipe esteve no local e averiguamos a situação dos vendedores e identificamos que eles estavam ocupando a parada de ônibus, um local que já tinha sido feito um recorte dentro da praça justamente por conta da movimentação no local para que os ônibus parassem, identificamos que também estavam obstruindo a passagem de pedestres e obstruindo a passagem do cadeirante que desembarcavam no presente local, conversamos com as duas pessoas responsáveis pelas bancas, explicamos a situação”, explica o gerente.

A Gerência de Fiscalização e Controle de Transporte Público da Strans constatou as irregularidades no local e já foram encaminhadas ao órgão, também responsável, pela denúncia da usuária do transporte público a respeito da situação na parada de ônibus da praça do Morada do Sol para que sejam tomadas as devidas providências.

As denúncias podem ser feitas por meio de ligação para a Ouvidoria da Strans através do número 0800-086-3122.

Assinatura de Convênio entre a Strans e o Detran para fiscalização no município

O superintendente, Cláudio Pessoa, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), assinou na manhã desta quarta-feira (9), o convênio com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PI) onde um dos objetivos do convênio é firmar acordo e reforçar a fiscalização do trânsito no município.

O Superintendente da Strans, Cláudio Pessoa, explica que, o órgão firmou um convênio com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PI) e um dos objetivos desse convênio é a Strans reforçar a fiscalização do trânsito no município, dando aos agentes do estado a competência para fiscalizar as infrações do município e ao município fiscalizar as infrações do estado.

“O interessante é que nesse processo nós iremos também construir ações voltadas a campanha educativa estipulada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), no caso de agora, onde a responsabilidade que vai ser apresentada para os atores do trânsito no sentido de que a gente possa está construindo um trânsito mais seguro para todos”, declara o superintendente da Strans, Cláudio Pessoa.

O diretor geral do Detran/PI, Garcias Guedes, explica que foi formalizado hoje um termo de cooperação e convênio com a Strans para oportunizar a fiscalização em parceria entre esses órgãos do município de Teresina.

“E relembrando que esse mês de junho no programa do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em que todos os órgãos tem que ser a solução, parte da solução, e não do problema, essa é mais uma parceria formalizada entre esses órgãos que vai ajudar notadamente em todas as fiscalizações realizadas no município de Teresina”, pontua Garcias Guedes, diretor geral do Detran/PI.

Estiveram presentes durante assinatura do Convênio, o Diretor de Operações e Fiscalização da Strans, Ricardo Almeida, a gerente de Operações de Trânsito da Strans, Carla Sales, o assessor técnico da Strans, Luís Carlos Araújo Sobrinho, o procurador Geral do Detran/PI, Marciano Antônio de Oliveira Nunes.

 

 

 

 

 

 

 

 

Reunião discute melhorias no serviço para os usuários do transporte público de Teresina.

 

Na manhã de hoje (15), o Superintendente da STRANS, Major da PM Claudio Pessoa, recebe os representantes da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER), para assinatura de convênio. Serviços esses para processamento das multas de trânsito e para tratar de assuntos ligados ao uso de tecnologia do controle e fiscalização no transporte público em Teresina.

O Superintendente afirmou que o uso da tecnologia irá melhorar a prestação do serviço, pois o usuário terá segurança de acessar as informações do transporte público.

Jobson Filho, presidente da PRODATER fala sobre o aplicativo que esta sendo desenvolvido pela empresa.

“Hoje já estamos desenvolvendo um aplicativo, que o cidadão vai poder baixar nas plataformas digitais. Esse aplicativo vai ajudar o cidadão a ter acesso a informações de transito e transporte público. O usuário do aplicativo, inicialmente no nosso planejamento ele terá acesso aos horários das linhas de ônibus, entre outros serviços.”

 

Strans organiza trânsito no Centro para evitar congestionamentos

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) instalou nesta terça-feira (14) três novos pontos com restrições de circulação de veículos para evitar congestionamentos no Centro da cidade durante o período de isolamento de ruas na região. Foram acrescentados os cruzamentos das ruas Eliseu Martins com David Caldas, Treze de Maio com Benjamin Constant e Sete de Setembro com Coelho Rodrigues. A medida foi adotada após monitoramento da Diretoria de Operação e Fiscalização (DOFT) e tem como objetivo melhorar o fluxo de veículos nas vias alternativas que delimitam a área isolada.

As intervenções feitas estão dinamizando a circulação de veículos nos acessos às ruas Desembargador Freitas, Paissandu, David Caldas e Avenida Maranhão. As circulações nas quatro vias são liberadas, mas em alguns cruzamentos os motoristas não poderão fazer conversões para acessar a parte central da cidade, de segunda-feira a sábado, no horário de 6 às 18h.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, diz que, após o primeiro dia de restrições na área central, na última segunda-feira 13, foi observada uma redução de 90% na circulação de pessoas e um aumento do fluxo de veículos nas vias próximas ao perímetro bloqueado. “Para evitar esses possíveis congestionamentos nas vias alternativas mais utilizadas, estamos instalando esses três novos pontos com restrições. Vamos fazer novas adaptações caso seja necessário. Queremos dinamizar o trânsito do Centro e garantir que nenhum transtorno seja causado aos condutores”, completa.

A fiscalização do cumprimento das medidas está sendo realizada por agentes da Strans. Os condutores de veículos que desobedecerem às normas estarão passíveis de autuação por infração grave, com a aplicação de multa no valor de R$ 195,23, além de computados cinco pontos no prontuário da CNH do condutor.

 

Clique aqui e Confira o Decreto nº 19.908.

Prazo para renovação da permissão dos transportes escolares termina nesta sexta-feira (31)

O prazo para a renovação da permissão dos transportes escolares terminará nesta sexta-feira (31). Das 36 permissões cadastradas, 12 já foram renovadas. O objetivo é garantir o transporte seguro de crianças e adolescentes.

De acordo com o gerente de Licenciamento e Concessão, Rômulo Rêgo, o prazo não será estendido e quem não realizar a renovação poderá ser multado e ter o veículo recolhido em fiscalizações.

“Não vamos estender o prazo de renovação, porque demos o mês de janeiro inteiro para os condutores regularizarem a situação. Até o dia 31 vamos estar fazendo as vistorias nos veículos e renovando as permissões. O condutor que não fizer isso dentro do prazo poderá ser multado e, se parado em uma fiscalização, o veículo será recolhido”, afirma o gestor.

Durante a vistoria, são conferidos os itens de segurança do veículo, como freios, extintores, cintos de segurança e se o tacógrafo está funcionando corretamente. O motorista também precisa dar entrada no protocolo da superintendência com os documentos pessoais e com o comprovante do curso de condutor da categoria de transporte escolar.

Confira os documentos necessários para a renovação:

– Requerimento reconhecido firma ou assinatura do requerente presencial no protocolo;

– Cópia da permissão original ou protocolo;

– Cópia do documento do veículo;

– Extrato de multa;

– Cópia da CNH atual com observação de apto a transporte renumerado;

– Cópia de aferição tacógrafo;

– Certidão criminal da Justiça Federal;

– Certidão criminal da Justiça Estadual 1ª instância, caso positivo, apresentar certidão criminal da Justiça Estadual 2º instância;

– Cópia certidão negativa de débito do município;

– Cópia alvará de funcionamento do município;

– Cópia de comprovante de residência;

– Declaração de inexistência de vínculo empregatício com carteira assinada e de caráter efetivo nas esferas federal, estadual e municipal.

Strans fiscaliza itinerário de ônibus intermunicipais com trajeto acima de 100 km

Pensando no ordenamento do tráfego da área central, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está intensificando as fiscalizações de ônibus intermunicipais com trajeto acima de 100 km de Teresina. A operação iniciou, na manhã desta sexta-feira (24), de forma educativa, com a presença de fiscais da Diretoria de Transporte Público da Strans, agentes de trânsito e Polícia Militar na Avenida Maranhão.

Na segunda-feira (27), a fiscalização se concentrará na Ladeira do Uruguai e Avenida Presidente Kennedy, na altura da rotatória do São Cristóvão, com veículos sujeitos à apreensão, caso as empresas desrespeitem a maneira de circulação correta.

O diretor de transporte público da Strans, Adriano Barreto, pontua que o objetivo da ação é cumprir com a circulação correta dos ônibus intermunicipais. “A presença desses veículos em vias que não estão estabelecidas no itinerário colabora com a intensificação do congestionamento da cidade. Estamos cumprindo os decretos nº 4.286/2000 e sua atualização de nº 15.628/2016 com o objetivo de dar mais fluidez ao trânsito da capital”, explica Adriano.

Conforme a última atualização, através do decreto nº 15.628/2016, fica permitido o acesso à área central somente os ônibus que fazem linha em um percurso cuja distância máxima de Teresina seja de até 85 km.

As linhas, com trajeto superior a 100 km de Teresina, deverão obedecer aos seguintes itinerários:

Norte:

Chegada a Teresina:

Opção 1:

Avenida Presidente Kennedy

Avenida João XXIII

Avenida dos Expedicionários

Avenida Deputado Paulo Ferraz – Br 343

Terminal Rodoviário

Opção 2:

Avenida Presidente Kennedy

Avenida João XXIII

Avenida Frei Serafim

Avenida Miguel Rosa (Norte)

Estação Ferroviária – Ponto Final

Saída de Teresina:

Opção 1:

Terminal Rodoviário

Avenida Dep. Paulo Ferraz – Br 343

Avenida dos Expedicionários

Avenida João XXIII

Avenida Presidente Kennedy

Opção 2:

Estação Ferroviária – Ponto Inicial

Avenida Miguel Rosa (Norte)

Avenida Frei Serafim

Avenida João XXIII

Sul:

Chegada a Teresina:

Opção 1:

Avenida Tancredo Neves – BR 343/316

Avenida Deputado Paulo Ferraz – BR 343

Terminal Rodoviário

Opção 2:

Avenida Henry Wall de Carvalho – PI 130

Avenida Getúlio Vargas – BR 316

Avenida Deputado Paulo Ferraz – BR 343

Terminal Rodoviário

Saída de Teresina:

Opção 1:

Terminal Rodoviário

Avenida Dep. Paulo Ferraz – BR 343

Avenida Tancredo Neves – BR 343/316

Opção 2:

Terminal Rodoviário

Avenida Dep. Paulo Ferraz – BR 343

Avenida Getúlio Vargas – BR 316

Avenida Henry Wall de Carvalho – PI 130

Leste:

Chegada a Teresina:

Avenida João XXIII

Rotatória do São Cristóvão

Avenida dos Expedicionários

Avenida Deputado Paulo Ferraz – BR 343

Terminal Rodoviário

Saída de Teresina:

Opção 1:

Terminal Rodoviário

Avenida Dep. Paulo Ferraz

Avenida João XXIII

Opção 2:

Estação Ferroviária – Ponto Inicial

Avenida Miguel Rosa (Norte)

Avenida Frei Serafim

Avenida João XXIII

Atenção e cuidados no trânsito devem ser redobrados no período chuvoso

A partir do mês de janeiro começa o período chuvoso em Teresina, por isso os condutores devem redobrar a atenção no trânsito e providenciar a manutenção dos veículos. Alguns cuidados são necessários como conferir os pneus, freios, suspensão, limpador de para brisa e fazer regularmente a calibragem, além do alinhamento e balanceamento.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, explica que durante as chuvas os condutores devem ser cautelosos no trânsito, uma vez que a visibilidade da via fica comprometida.

“Dependendo da intensidade da chuva, a visibilidade da pista fica um pouco comprometida. Por isso, é importante redobrar a atenção, diminuir a velocidade para que se tenha tempo suficiente caso seja necessário frear o veículo. Não podemos esquecer também de ligar os faróis. Essas medidas são essenciais para evitar acidentes”, afirma o gestor.

Um dos cuidados que motoristas e motociclistas devem ter também é com os pedestres. Denis Lima lembra que arremessar água e detritos nas pessoas e em outros veículos é infração de trânsito, que custa R$ 130,16.

“Infelizmente, algumas pessoas têm essa má conduta de jogar água nos pedestres e em outros veículos de propósito. Lembramos que é uma infração média e o condutor está sujeito a 4 pontos na CNH. Então, vamos respeitar quem estiver transitando pelas ruas”, declara.

Vistorias de transportes escolares iniciam nesta quinta-feira (02)

As vistorias dos transportes escolares da capital iniciam nesta quinta-feira (02). Durante todo o mês de janeiro, a Gerência de Licenciamento e Concessão da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estará averiguando as condições dos veículos para renovação da licença, que ocorre a cada seis meses. Em Teresina, são 36 veículos cadastrados.

Rômulo Rêgo, gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, explica que serão analisadas as documentações e condições físicas dos veículos. “Nas vistorias, analisamos a documentação e condições físicas dos veículos. São vistoriadas a manutenção, limpeza, presença de itens de segurança, como cintos, extintor de incêndio, e também iluminação e freios”, diz o gerente.

O gerente reforça que as vistorias promovem a segurança das crianças e adolescentes que são transportados nestes veículos e que o papel dos pais em verificar se o veículo contratado está licenciado é essencial. “Ao contratar esse tipo de serviço, é recomendável que os pais dos alunos verifiquem se o veículo possui licença, para segurança de seus filhos. Os pais podem pedir para conferir esse documento quando solicitar o serviço de transporte”, completa.

Os condutores que não fizerem a vistoria, entre os dias 02 e 31 de janeiro, sofrerão uma penalidade, com aplicação de multa.

Confira os documentos necessários para a renovação:

– Requerimento reconhecido firma ou assinatura do requerente presencial no protocolo;

– Cópia da permissão original ou protocolo;

– Cópia do documento do veículo;

– Extrato de multa;

– Cópia da CNH atual com observação de apto a transporte renumerado;

– Cópia de aferição tacógrafo;

– Certidão criminal da Justiça Federal;

– Certidão criminal da Justiça Estadual 1ª instância, caso positivo, apresentar certidão criminal da Justiça Estadual 2º instância;

– Cópia certidão negativa de débito do município;

– Cópia alvará de funcionamento do município;

– Cópia de comprovante de residência;

– Declaração de inexistência de vínculo empregatício com carteira assinada e de caráter efetivo nas esferas federal, estadual e municipal.