Strans leva educação no trânsito para crianças durante colônias de férias

A criançada dos bairros Lourival Parente, Macaúba e Mocambinho terão acesso às palestras de educação no trânsito durante as colônias de férias, ação que é promovida pela Prefeitura de Teresina nos espaços de lazer da capital. A primeira parada do projeto Escolinha de Trânsito, executado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), será no Complexo Parentão, nesta quinta-feira (16), às 9h.

O projeto funciona com a presença de agentes de trânsito, que dão orientações sobre como deve ser comportamento correto no trânsito, além de situações pertinentes no convívio entre condutores de veículos, pedestres e ciclistas.

Durante a execução do projeto, as crianças trafegam em um circuito com faixas de pedestres, cruzamentos, placas de sinalização, semáforos e outros elementos comuns às ruas para que aprendam as práticas corretas.

O agente de trânsito e palestrante, Francisco Sidney, reforça que a intenção é provocar reflexões nas crianças, que podem ser porta-vozes das boas práticas no trânsito. “Nossa intenção é sensibilizar e levar boas práticas para os pequenos. Contamos com a presença de todas as crianças do entorno desses bairros contemplados e esperamos passar o nosso recado da melhor forma possível”, pontuou o palestrante.

Confira a programação do projeto Escolinha de Trânsito durante as colônias de férias:

Complexo Parentão: 16/01

Parque Ambiental da Macaúba: 23/01

Parque Ambiental Matias Matos (Mocambinho): 30/01

Boas práticas vencedoras do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito são premiadas

Fotos: Renato Bezerra

As boas práticas vencedoras do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito foram premiadas na noite desta quarta-feira (18), pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), no Centro de Formação Professor Odilon Nunes. A iniciativa, coordenada pela Strans, teve como tema este ano “Quem não respeita as leis e a sinalização está na direção errada. No trânsito, o sentido é a vida”.

Davi Soares, aluno da Escola Municipal Coronel Boa Vista, foi vencedor na categoria aluno 7º ao 9º ano, e pontuou que pretende se empenhar ainda mais nos estudos. “Ganhar um prêmio como esse me deu mais gás para continuar me empenhando nos estudos e realizando trabalhos assim. Adquirindo desde cedo na escola a consciência na educação do trânsito, seremos adultos mais conscientes”, destacou Davi.

Foram 710 inscritos, sendo 28 selecionados. Os vencedores em 1º lugar receberão R$ 2 mil e em 2º lugar R$ 1 mil. As categorias foram divididas em professor, aluno e profissional da comunicação (rádio, tv, jornal, revista, portal ou internautas), responsabilidade social e fotografia.

A professora de artes, Ana Maria Borges, foi uma das orientadoras das ilustrações vencedoras, e enfatizou que sempre tenta abordar temáticas importantes como o trânsito em sala de aula. “Sempre tento ensinar temáticas como a educação no trânsito de maneira lúdica, incentivando a criatividade dos alunos. Estamos muito felizes com o resultado e seguiremos abordando esses assuntos, afinal, a intenção é despertar boas práticas no trânsito”, afirmou Ana Maria.

O jornalista Natanael Souza, vencedor do 1º lugar da categoria comunicação/subcategoria rádio, destacou que o papel do jornalismo é incentivar as boas práticas nos mais diversos setores da sociedade. “Nós comunicadores estamos sempre a serviço da sociedade, faz parte da nossa missão educar sobre um trânsito mais seguro e mais humano”, disse.

Weldon Bandeira, superintendente da Strans, relatou que projetos como este são importantes para conscientizar os teresinenses sobre boas práticas no trânsito. “Fico muito feliz de ver crianças, adolescentes, comunicadores e instituições se empenhando sobre a educação no trânsito. Projetos como este são essenciais para gerar reflexão e salvar vidas”, disse o superintendente durante a solenidade.

Vencedores do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito serão premiados nesta quarta (18)

Os vencedores do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito serão premiados nesta quarta-feira (18), pela Prefeitura de Teresina. A solenidade, coordenada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), será às 19h30, no Centro de Formação Professor Odilon Nunes.

Neste ano, a iniciativa teve como tema “Quem não respeita as leis e a sinalização está na direção errada. No trânsito, o sentido é a vida”. Foram 710 inscritos, sendo 28 selecionados. Os vencedores em 1º lugar receberão R$ 2 mil e em segundo lugar R$ 1 mil.

As categorias foram divididas em professor, aluno e profissional da comunicação (rádio, TV, jornal, revista, portal ou internautas), responsabilidade social e fotografia. Na categoria fotografia os inscritos se inspiraram no tema “Atitude legal que me chama atenção no trânsito”.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, enfatiza que projetos de educação no trânsito são importantes para conscientizar os teresinenses sobre boas práticas no trânsito. “Projetos como este são essenciais para gerar reflexão. A educação no trânsito salva vidas”, completa Weldon.

“A cada edição que passa ficamos surpreendidos com a criatividade e empenho dos candidatos. A imaginação das crianças e o profissionalismo dos demais nos sensibilizou. Contamos com a presença de todos nesta solenidade”, diz a gerente de Educação de Trânsito da Strans, Samyra Motta.

Strans premia vencedores do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito

Ilustração vencedora da categoria Aluno / Subcategoria 1º ao 3º Ano

As boas práticas vencedoras do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito serão premiadas na próxima quarta-feira (18) pela Prefeitura de Teresina. A solenidade acontecerá às 19h30, no Centro de Formação Professor Odilon Nunes.

A iniciativa, coordenada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), teve como tema este ano “Quem não respeita as leis e a sinalização está na direção errada. No trânsito, o sentido é a vida”.

Foram 710 inscritos, sendo 28 selecionados. Os vencedores em 1º lugar receberão R$ 2 mil e em segundo lugar R$ 1 mil. As categorias foram divididas em professor, aluno e profissional da comunicação (rádio, tv, jornal, revista, portal ou internautas), responsabilidade social e fotografia. Na categoria fotografia os inscritos se inspiraram no tema “Atitude legal que me chama atenção no trânsito”.

“Estamos muito felizes com o resultado e contamos com a presença de todos nesta solenidade. Conscientizar a população teresinense sobre o seu comportamento e educação no trânsito é a nossa missão”, comenta a gerente de Educação de Trânsito da Strans, Samyra Motta.

O prêmio já está em sua oitava edição e foi instituído pela Prefeitura de Teresina para que a população refletisse sobre como poderia melhorar sua conduta no trânsito.

Projeto de educação no trânsito contribui com formação das crianças

A educação das crianças para ações corretas no trânsito é muito mais que pensar nelas como futuros condutores. É pensar nelas como pedestres e cidadãos, muito melhores que os atuais condutores. Essas são finalidades do Projeto Escolinha de Trânsito, desenvolvido pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), e que este ano atendeu 7.581 crianças de escolas públicas e privadas da capital.

O projeto funciona com a presença de agentes de trânsito que dão orientações sobre situações pertinentes ao convívio no trânsito e as principais condutas corretas que devem ser praticadas pelo pedestre, ciclista e condutores de veículos.

Durante a execução do projeto as crianças trafegam em um circuito com faixas de pedestres, cruzamentos, placas de sinalização, semáforos e outros elementos comuns às ruas para que aprendam as práticas corretas.

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, afirma que os resultados são positivos. “Relatos de professores e dos pais são sobre o quanto as crianças aprendem com as ações educativas da escolinha de trânsito. Temos esperança de que teremos melhores condutores no futuro, pois as crianças estão tendo a oportunidade de receber informações corretas. Também temos muitas solicitações das escolas e de organizadores de eventos, como colônias de férias, para levar essas ações educativas”, finalizou.

Infrações por uso de celular no trânsito sobem 36% em 2019

Houve um aumento de 36% em infrações relacionadas ao uso de celular no trânsito em Teresina. De janeiro a outubro de 2019 foram registradas mais de 6 mil multas na categoria, enquanto que durante todo o ano de 2018 foram mais de 4 mil multas. Os dados são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

A prática é uma das dez infrações mais cometidas pelos motoristas na capital e a terceira maior causa de mortes no trânsito, de acordo com dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).

A infração é dividida em três categorias, visto que não é permitido manusear, utilizar e segurar o telefone celular ao volante. Segurar e manusear são consideradas infrações gravíssimas, com multa no valor de R$ 293,47, e utilizar o celular é infração média, no valor de R$ 130,16.

O supervisor dos agentes de trânsito da Strans, Ricardo Braga, alerta para que a população não utilize aparelhos telefônicos enquanto dirige, já que a infração é um risco para condutores e pedestres. “Um momento de distração do condutor põe em risco a vida do motorista e de outras pessoas que estejam utilizando a via. Portanto, alertamos para que a população respeite as leis de trânsito, afinal, essa prática incorreta pode ser evitada”, enfatiza Ricardo.

Ricardo ressalta, ainda, que o uso do celular aumenta as chances do motorista de se envolver em acidentes. “Solicitamos que os condutores fiquem atentos na direção e evitem esse tipo de prática, pois segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o uso incorreto desses aparelhos telefônicos na direção aumenta em cerca de 400% as chances de acidentes”, completa.

Strans divulga vencedores do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito

O VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito divulgou a lista dos 28 vencedores desta edição de um total de 710 inscritos. Os vencedores em 1º lugar receberão R$ 2 mil e em segundo lugar R$ 1 mil. A solenidade de premiação acontece no próximo dia 2 de dezembro, às 19h, no Palácio da Música.

O Prêmio é uma ação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e este ano teve como tema “Quem não respeita as leis e a sinalização está na direção errada. No trânsito, o sentido é a vida”. O objetivo era provocar reflexões sobre o comportamento da sociedade no trânsito.

As categorias foram divididas em professor, aluno e profissional da comunicação (rádio, tv, jornal, revista, portal ou internautas), responsabilidade social e fotografia. Na categoria fotografia os inscritos se inspiraram no tema “Atitude legal que me chama atenção no trânsito”.

Ao instituir esse prêmio, há oito anos, a Prefeitura de Teresina pretendia que a população tivesse um estímulo para refletir sobre como poderia melhorar sua conduta no trânsito. A gerente de Educação de Trânsito da Strans, Samyra Motta, explica que a sensibilidade foi um dos critérios essenciais para a escolha dos vencedores.

“Ficamos muito satisfeitos com os materiais enviados porque mostram a sensibilidade das pessoas com o tema proposto esse ano, sendo esse o critério principal para a escolha dos vencedores. Nossa intenção é conscientizar a população teresinense sobre o seu comportamento no trânsito e gerar reflexões”, comenta a gestora.

Lista dos vencedores:

Categoria Professor / Subcategoria Professor Escola Pública:

1º Lugar: Francisco das Chagas Alves Rodrigues

2º Lugar: Elizângela Pereira Barros

 

Categoria Escola / Subcategoria Professor Escola Privada:

1º Lugar: Irene Marques de Abreu

2º Lugar: Nayanna Kallynny Pires Farias

 

Categoria Aluno / Subcategoria Ensino Infantil – Pré-escola:

1º Lugar: José da Fé Silva de Jesus

2º Lugar: João Gabriel Alves Craveiro

 

Categoria Aluno / Subcategoria 1º ao 3º Ano:

1º Lugar: Nicole Valentina Sousa Vale

2º Lugar: João Cícero Pereira Sousa

 

Categoria Aluno / Subcategoria 4º ao 6º Ano:

1º Lugar: Millena Karine Araújo Coêlho

2º Lugar: Emília Yasmin Silva Bacelar

 

Categoria Aluno / Subcategoria 7º ao 9º Ano:

1º Lugar: Davi Soares de Sousa Silva

2º Lugar: Bruna Luizy Leite Castro

 

Categoria Aluno / Subcategoria Ensino Médio:

1º Lugar: Myllena Cecília Sousa Morais

2º Lugar: Ana Beatriz de Moraes Souza

 

Categoria Aluno / Subcategoria Ensino Superior:

 

1º Lugar: Lizandra Flávia Macêdo Moura

2º Lugar: Brenda Santiago Gomes da Silva

 

Categoria Profissional da Comunicação / Subcategoria Jornal ou Revista:

1º Lugar: Glenda Grazielle Uchôa de Abreu

2º Lugar: Isabela Leite Lopes

 

Categoria Profissional da Comunicação / Subcategoria Rádio:

1º Lugar: Natanael Souza Araújo

2º Lugar: Christhian Jhon Gomes Sousa

 

Categoria Profissional da Comunicação / Subcategoria TV:

1º Lugar: Felipe Pereira da Silva Soares

2º Lugar: Mayra Fernanda Monteiro da Silva

 

Categoria Profissional da Comunicação / Subcategoria Portal ou Internautas:

1º Lugar: Izabella Pimentel Torres

2º Lugar: Waldelúcio Barbosa da Silva Sousa

 

Categoria Responsabilidade Social / Subcategoria Pessoa Jurídica:

1º Lugar: CMEI Júlio Romão

2º Lugar: Faculdade Estácio de Teresina

 

Categoria Fotografia:

1º Lugar: Jailson Ferreira Soares

2º Lugar: Pitágoras de Sousa Aires

Projeto da Strans atende empresas e órgãos com educação no trânsito

Empresas, órgãos públicos, associações de moradores, igrejas, escolas ou qualquer entidade pode solicitar junto à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) a realização de palestras educativas sobre trânsito. Essa ação é do Projeto Stransformando com a coordenação da Gerência de Educação de Trânsito.

As palestras são desenvolvidas com o uso de material educativo como cartazes, vídeos e panfletos, com a finalidade de informar sobre condutas corretas no trânsito, prevenção de acidentes e sobre a legislação. É também objetivo do projeto que os participantes sejam multiplicadores das informações em diversos ambientes. O interessado pode manter contato pelo fone 3122-7635 e a solicitação deve ser por ofício para essa gerência que funciona na sede da Strans, Rua Pedro Freitas, 1252, bairro Vermelha, zona Sul de Teresina.

Para a gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, o projeto Stransformando é para melhorar o comportamento das pessoas no trânsito. “As palestras são muito solicitadas por empresas que percebem afastamento de funcionários com problemas de saúde causados por acidentes de trânsito, mas também atendemos escolas, faculdades e em menor escala os órgãos públicos. Nossa meta é contribuir com a educação dos condutores e pedestres para que cumpram a legislação e sejam sensibilizados para desempenharem o papel de multiplicadores dessas informações”, diz.

O projeto Stransformando está atendendo mais pessoas este ano e só nos primeiros seis meses de 2019 houve aumento de 5,3% em relação a todo o ano de 2018. No ano passado foram atendidas com palestras 3.637 pessoas e de janeiro a junho deste ano já somam 3.839 participantes.