Strans divulga informações solicitadas pelo Ministério Público Eleitoral do Piauí

Por recomendação do Ministério Público Eleitoral do Piauí, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) divulga as informações de contratos exigidas pelo artigo 4º, § 2º, da Lei Federal nº 13.919/2020. Em cumprimento ao Item nº 03 da Recomendação Administrativa nº 001/2020 (Documento nº 0861654), oriunda da 1ª Promotoria Eleitoral de Teresina.

Os contratos tiveram como objeto a contratação de empresa especializada no fornecimento imediato de materiais de higienização e de equipamentos de proteção individual, em virtude da necessidade de minimizar os riscos de contaminação pela Covid-19.

  Nome do Contratado Inscrição na Receita Federal do Brasil

(CNPJ)

 

Prazo Contratual Valor (R$) Processos de Contratação/

Aquisição

 

Contrato nº 05/2020 – STRANS

(Dispensa de Licitação nº 01/2020 – SEMA)

 

J R PESSOA FILHO EIRELI – EPP (VIP NEGÓCIOS) 02.939.111/0001-93 06 (seis) meses
73.705,00
Processo Eletrônico nº 00042.000021/2020-04 – SEMA/PMT e nº 00077.007003/2020-54 – STRANS
Contrato nº 06/2020 – STRANS

(Dispensa de Licitação nº 01/2020 – SEMA – Relançamento)

 

J R PESSOA FILHO EIRELI – EPP (VIP NEGÓCIOS) 02.939.111/0001-93 06 (seis) meses 609.545,00 Processo Eletrônico nº 00042.000021/2020-04 – SEMA/PMT e nº 00077.007003/2020-54 – STRANS

 

As informações necessárias foram publicadas no Diário Oficial do Município de Teresina – DOM, na data de 11 de maio de 2020, conforme Publicações dos Contratos nº 05/2020 – STRANS e Contrato nº 06/2020 – STRANS, em cumprimento do artigo 4º, § 2º, da Lei Federal nº 13.919/2020, acessível no seguinte endereço:

http://dom.pmt.pi.gov.br/admin/upload/ANEXO%20AO%20DOM2765-11052020-ASSINADO.pdf

Ônibus voltam a circular nesta quarta-feira (08) com a frota reduzida

A partir desta quarta-feira (08) o transporte público de Teresina volta a funcionar de forma reduzida, com 70% da frota, das 6h às 9h e das 17h às 19h, que correspondem aos horários de pico, e 30% nos demais horários. Os ônibus sairão dos bairros com destino ao Centro e serão aceitos os cartões eletrônicos.

A desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Liana Chaib, determinou na terça-feira o retorno do transporte público sob pena de multa diária de R$ 50 mil por dia para o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro). A decisão da desembargadora foi com base no pedido de dissídio coletivo ajuizado pelo procurador Regional do Trabalho, João Batista Machado Júnior.

Weldon Bandeira, gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), especifica que apesar das dificuldades de negociação foi possível estabelecer parâmetros para o retorno da circulação dos ônibus. “Foi acatada a decisão do TRT pelo bem da parcela da população que necessita desse serviço público para os deslocamentos que devem ser os estritamente necessários, pois ainda estamos vivendo uma pandemia”, cita.

A Strans vai fiscalizar o cumprimento da frota estipulada pelo TRT e será responsável pela sanitização das estações de embarque e desembarque de passageiros, paradas de ônibus e durante o trajeto dos veículos. Ao Setut cabe a sanitização dos ônibus ao final de cada turno.

Funcionamento do serviço

O retorno do serviço de transporte público de Teresina será com terminais de integração fechados, nesta primeira fase, mas a integração poderá ser feita em um prazo de duas horas em qualquer ponto das linhas com o Centro e nas avenidas Frei Serafim e João XXIII. Enquanto a frota de ônibus estiver reduzida, permanecem funcionando os veículos cadastrados.

Continuam suspensos a gratuidade dos idosos e o passe estudantil, segundo os decretos nº 19.541 de 23 de março e nº 19.635 de 04 de abril, respectivamente.

Prefeitura monta barreiras itinerantes para fazer busca ativa de casos suspeitos de Covid

Através de uma ação conjunta entre a Strans e Guarda Civil Municipal, a Prefeitura de Teresina está montando barreiras itinerantes para verificação de sintomas de Covid-19 em motoristas e passageiros. O objetivo é reforçar o trabalho de busca ativa daqueles que possam estar infectados pelo novo coronavírus. A ação teve início na manhã desta quarta-feira (24) no centro da capital e inclui aferição de temperatura corporal.

As barreiras serão itinerantes, funcionando nos turnos manhã e tarde, e atuarão em pontos estratégicos de grande circulação de pessoas em todas as regiões da cidade. “Buscamos orientar as pessoas para manter o isolamento e também encaminhar aqueles com sintomas para o serviço de saúde”, explica o coronel John Feitosa, comandante da Guarda Civil Municipal.

A ação contará com agentes de trânsito e guardas municipais. Nas abordagens, motoristas e passageiros serão questionados sobre seu estado de saúde e orientados sobre os procedimentos adequados quando apresentarem sintomas da Covid.

A cidade vem registrando aumentos sucessivos nos números de infecções e morte por covid. São 6.065 casos positivos e 294 pessoas já morreram em decorrência do novo coronavírus, segundo dados da Fundação Municipal de Saúde.

Os índices de isolamento social na capital ficaram entre 42% e 51,54% nesta segunda-feira (22), segundo as duas bases de dados utilizadas pela Prefeitura de Teresina para fazer este acompanhamento: a startup InLoco e as operadoras de telefonia celular. O índice ainda está abaixo dos 73%, considerado o mínimo necessário pela Organização Mundial de Saúde para ajudar a conter a disseminação do novo coronavírus.

Ascom Semcaspi

 

Decreto da Prefeitura estabelece rodízio de veículos no centro de Teresina

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, vai assinar um novo decreto na próxima segunda-feira para restringir a circulação de veículos no centro. O rodízio acontecerá diariamente, a partir do dia 02 de junho, levando em consideração os dias da semana e a numeração da placa do veículo. Trata-se de mais uma medida de enfrentamento ao novo coronavírus, já que foi verificada uma grande circulação de carros na área central da cidade. Até quinta-feira, a fiscalização terá caráter apenas educativo.

O novo decreto leva em consideração estudos realizados pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). “Nossos dados mostram que houve uma queda de 42% de fluxo de veículos no início da quarentena. No entanto, na primeira quinzena de maio já se observou um aumento de 17% comparado ao mesmo período de abril. Isso demonstra que as pessoas voltaram a circular pela cidade, principalmente em um período em que as orientações de distanciamento social ainda permanecem e é a única arma que temos contra o novo coronavírus”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

Ele destacou que essa medida se soma a um conjunto de ações que a Prefeitura vem adotado para contribuir com o isolamento social, tendo em vista que a capital já registra 2.157 casos e 82 óbitos pela Covid-19.

O rodízio de carros será feito na área delimitada pelas avenidas Miguel Rosa, Joaquim Ribeiro e Maranhão, que é o setor mais comercial da cidade. Nas segundas, quartas e sextas poderão circular os veículos com final de placa com número par (0,2,4,6 e 8). Já nas terças, quintas e sábados só será permitido o tráfego de veículos com placa de terminação ímpar (1, 3, 5, 7 e 9).

O monitoramento do rodízio será feito pelos agentes de trânsito e também de forma eletrônica, por meio das câmeras espalhadas pelo centro da cidade. Após o prazo educativo, os condutores que não obedecerem à determinação estarão sujeitos à multa prevista no Código de Trânsito Brasileiro, no valor de R$ 195,23.

O superintendente da Strans, Weldon Alves, explica que todos os detalhes sobre os veículos que terão permissão para circular livremente na área central estarão no decreto, que será publicado na próxima segunda-feira, dia 01 de junho.

Permissionários do transporte individual de passageiros devem redobrar cuidados com a Covid-19

Em Teresina, não há restrições com relação a atuação dos profissionais que trabalham com o transporte individual de passageiros. No entanto, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vem seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e está orientando os condutores e usuários desse tipo de serviço para que redobrem os cuidados com a Covid-19.

Para os profissionais que utilizam o carro como meio de locomoção, a orientação é desligar o ar-condicionado e realizar as viagens com os vidros abertos. Além disso, os taxistas e mototaxistas devem realizar a higienização de seus veículos e dos capacetes regularmente. De preferência, após o término de cada corrida.

“Recomendamos que os profissionais desse tipo de transporte intensifiquem as prevenções para evitar a propagação da Covid-19. É importante também que os usuários façam o seu papel e só se desloquem de suas casas em casos de extrema necessidade. Quem pode, deve ficar em casa”, alerta o gerente de licenciamento e concessão da Strans, Rômulo Rêgo.

A Strans recomenda, ainda, que os passageiros obedeçam as recomendações básicas de higienização e evitem corridas compartilhadas, para coibir a aglomeração nos veículos.

 

 

 

Transporte eficiente terá agendamentos somente em casos de saúde e de abastecimento pessoal

Ascom/Strans

Para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19) em Teresina, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) suspendeu os atendimentos ao público externo e está limitando o funcionamento de alguns serviços. Uma das medidas do poder público municipal, através do Decreto nº 19.541, é limitar, a partir desta terça-feira (24), o funcionamento do transporte eficiente, com agendamentos por telefone somente em casos de saúde e abastecimento pessoal.

Até que as limitações sejam suspensas, os usuários do serviço podem realizar os agendamentos de segunda a sexta-feira, das 6h às 18h, através do número (86) 98121-8325. A gerente de transporte eficiente da Strans, Cíntia Machado, assegura que os agendamentos estão sendo limitados para garantir a saúde e segurança dos usuários e funcionários do serviço.

“Com a confirmação de casos do Covid-19 na capital, é necessário preservar a saúde e garantir a segurança dos funcionários e usuários que utilizam o Transporte Eficiente. Contamos com a compreensão da população para que fique em casa e agende somente em casos especiais, através do número (86) 98121-8325”, reforça.

Programa Transporte Eficiente

Cerca de duas mil pessoas estão cadastradas no programa, com o funcionamento de 17 micro-ônibus, atendendo deficientes físicos em deslocamentos pela cidade. O veículo vai até o local onde usuário está e o conduz ao seu destino.

Strans suspende atendimentos ao público externo até 1 de abril

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está suspendendo os atendimentos ao público externo a partir desta sexta-feira (20) até 01 de abril. Com a chegada do coronavírus (Covid-19) em Teresina, a iniciativa tem o objetivo de evitar a propagação da doença infecciosa na capital.

As renovações de permissão para taxistas, que venceriam dia 31 de março, permanecerão prorrogadas para o dia 30 de abril. Os serviços de renovação de permissão para taxistas, alteração do veículo, transferência da permissão e solicitação de cadastro de 2º operador (táxi e mototáxi) devem ser realizados somente pela plataforma online Teresinense Digital até o dia 01 de abril. Requerimentos, consultas e recursos de infrações também devem ser realizados online.

A validade dos cartões de estacionamento dos idosos e deficientes que venceriam este mês também será estendida até 30 de abril. Com essa prorrogação, as pessoas não precisam se deslocar até a Strans para fazer a renovação dos cartões.

O gerente de licenciamento e concessão da Strans, Rômulo Rêgo, esclarece que a suspensão dos atendimentos presenciais é uma das soluções encontradas para conter a propagação da Covid-19 na cidade. “Essa ação visa preservar não só a saúde dos permissionários e funcionários, como também de todos os teresinenses. Contamos com a colaboração de todos para que utilizem somente a plataforma online neste momento”, alerta.

Para o cadastro na plataforma o usuário deve acessar o site da Prefeitura de Teresina (pmt.pi.gov.br/teresinensedigital) no Menu > Trânsito > Clicar em um dos serviços.

Você pode realizar os seguintes procedimentos pela plataforma Teresinense Digital:

Ø  Consulta de Infrações

Ø  Recurso de Infrações

Ø  Requerimento de Pagamento dos Fornecedores da STRANS

Ø  Serviços para Permissionários de Táxi

Ø  Serviços para Permissionários de Mototáxi

Ø  Serviços para Permissionários de Transporte Escolar

Ø  Localização de radares

Ø  Horários dos Transportes Coletivos

Para mais informações sobre o cadastro de usuários, clique aqui e baixe a Cartilha do Usuário Externo.

Ponte metálica será interditada a partir deste sábado (21)

A ponte João Luís Ferreira (ponte metálica) será interditada neste sábado (21), a partir  das 7h, por tempo indeterminado e enquanto houver necessidade. A medida é uma decisão do diretor do Departamento Municipal de Trânsito e Transportes (DMTRANS) de Timon (MA), Ronaldo Gonçalves Júlio.

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) vai contribuir com essa decisão com a presença de agentes de trânsito para orientar condutores de veículos.

A decisão de interditar é em face da atual situação de combate à disseminação do COVID-19 e pelos decretos de estado de calamidade publica dos estados do Piauí e do Maranhão. Com essa interdição,  a Vigilância Sanitária terá controle do fluxo de pessoas entre os dois estados.

Weldon Bandeira, superintendente da Strans, esclarece que todos os esforços estão sendo empreendidos pelo poder publico para evitar a disseminação do vírus. “Em Teresina estamos tomando todas as medidas necessárias, conforme os órgãos oficiais de saúde e os decretos de calamidade visando proteger as pessoas de uma possível contaminação ”, ressalta Weldon.

Ônibus, estações e terminais de integração têm higienização intensificada

Por recomendação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), foi intensificada a limpeza diária dos ônibus, estações e terminais de integração. Os consórcios do transporte público começaram o trabalho na noite da última terça-feira (17) como mais uma forma de conter a disseminação do novo Coronavírus.

Os veículos que estão em circulação receberam cuidados de higienização redobrados, com a limpeza de pisos, assentos, catracas, portas e suportes. As estações e terminais de integração também estão recebendo serviços de limpeza intensificados.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, alerta que, mesmo com a higienização redobrada desses espaços, é necessário que o usuário também adote cuidados pessoais. “As pessoas devem lavar as mãos com mais frequência e, durante o uso de transportes coletivos, devem higienizar as mãos o mais rápido possível após a utilização”, aconselha.

A Strans também determinou que todos os ônibus devem circular com as janelas abertas, inclusive os que têm ar condicionado. Também será estendida a validade dos cartões de estacionamento dos idosos e deficientes que venceriam este mês para 30 de abril. Com essa prorrogação as pessoas não precisam se deslocar até a Strans para fazer a renovação dos cartões.

Frota de ônibus será reduzida em 30% a partir desta quarta-feira (18)

Devido à pandemia do novo Coronavírus e suspensão das aulas das instituições de ensino, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai reduzir a frota de ônibus em 30% a partir desta quarta-feira (18) durante sete dias, sendo a redução de apenas 20% nos horários de pico.

O gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, esclarece que o fluxo de passageiros diminuiu, pois, as autoridades e população têm tentado evitar a disseminação do vírus. “Estamos agindo em conformidade com as orientações das autoridades. Como o número de passageiros reduziu, a frota também reduzirá, mas terá reforços durante os horários de picos”, assegura Denilson.

Outra medida adotada pela Strans foi a recomendação aos consórcios de ônibus para que intensifiquem a limpeza diária nos veículos e aos fiscais dos terminais de integração para reforçarem a limpeza de todos os espaços dos terminais e estações de passageiros do Sistema Inthegra.

A redução ocorrerá durante sete dias e na próxima terça-feira (23) a Gerência de Planejamento da Strans vai avaliar se há necessidade de a redução permanecer ou não.