Strans continua com atendimentos pela plataforma Teresinense Digital

O atendimento online pela plataforma Teresinense Digital tem sido uma das estratégias da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) para prosseguir com os serviços ao público externo durante a pandemia da Covid-19. Os atendimentos presenciais foram suspensos no dia 20 de março para evitar a propagação da doença infecciosa na capital.

Os serviços de renovação de permissão para taxistas, alteração do veículo, transferência da permissão e solicitação de cadastro de 2º operador (táxi e mototáxi) devem ser realizados somente pela plataforma online Teresinense Digital. Requerimentos, consultas e recursos de infrações também devem ser realizados online.

Alyne Costa, gerente de Gestão de Trânsito da Strans, esclarece que os serviços online já estavam disponíveis antes da pandemia, e que nesse momento foram essenciais. “O atendimento online tem permitido que os serviços continuem, preservando a saúde do público externo e dos funcionários da Strans. Apesar de já estarem disponíveis mesmo antes da pandemia, hoje possuem um papel essencial”, pontua.

Para o cadastro na plataforma o usuário deve acessar o site da Prefeitura de Teresina (pmt.pi.gov.br/teresinensedigital) no Menu > Trânsito > Clicar em um dos serviços. O aplicativo Teresinense Digital também está disponível em aparelhos Android e IOS.

Você pode realizar os seguintes procedimentos pela plataforma Teresinense Digital:

– Consulta de Infrações

– Recurso de Infrações

– Requerimento de Pagamento dos Fornecedores da STRANS

– Serviços para Permissionários de Táxi

– Serviços para Permissionários de Mototáxi

– Serviços para Permissionários de Transporte Escolar

– Localização de radares

– Horários dos Transportes Coletivos

Para mais informações sobre o cadastro de usuários, clique aqui e baixe a Cartilha do Usuário Externo.

Strans suspende atendimentos ao público externo até 1 de abril

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está suspendendo os atendimentos ao público externo a partir desta sexta-feira (20) até 01 de abril. Com a chegada do coronavírus (Covid-19) em Teresina, a iniciativa tem o objetivo de evitar a propagação da doença infecciosa na capital.

As renovações de permissão para taxistas, que venceriam dia 31 de março, permanecerão prorrogadas para o dia 30 de abril. Os serviços de renovação de permissão para taxistas, alteração do veículo, transferência da permissão e solicitação de cadastro de 2º operador (táxi e mototáxi) devem ser realizados somente pela plataforma online Teresinense Digital até o dia 01 de abril. Requerimentos, consultas e recursos de infrações também devem ser realizados online.

A validade dos cartões de estacionamento dos idosos e deficientes que venceriam este mês também será estendida até 30 de abril. Com essa prorrogação, as pessoas não precisam se deslocar até a Strans para fazer a renovação dos cartões.

O gerente de licenciamento e concessão da Strans, Rômulo Rêgo, esclarece que a suspensão dos atendimentos presenciais é uma das soluções encontradas para conter a propagação da Covid-19 na cidade. “Essa ação visa preservar não só a saúde dos permissionários e funcionários, como também de todos os teresinenses. Contamos com a colaboração de todos para que utilizem somente a plataforma online neste momento”, alerta.

Para o cadastro na plataforma o usuário deve acessar o site da Prefeitura de Teresina (pmt.pi.gov.br/teresinensedigital) no Menu > Trânsito > Clicar em um dos serviços.

Você pode realizar os seguintes procedimentos pela plataforma Teresinense Digital:

Ø  Consulta de Infrações

Ø  Recurso de Infrações

Ø  Requerimento de Pagamento dos Fornecedores da STRANS

Ø  Serviços para Permissionários de Táxi

Ø  Serviços para Permissionários de Mototáxi

Ø  Serviços para Permissionários de Transporte Escolar

Ø  Localização de radares

Ø  Horários dos Transportes Coletivos

Para mais informações sobre o cadastro de usuários, clique aqui e baixe a Cartilha do Usuário Externo.

Deficientes visuais recebem atendimento dos fiscais nos terminais de integração

Nos terminais de integração, os fiscais conduzem os deficientes visuais até que estejam acomodados dentro do ônibus. Esse é um serviço que agrada a quem necessita de orientação para fazer os deslocamentos dentro dos terminais, que atendem as especificações técnicas de acessibilidade.

O casal de deficientes visuais Luiza de Sousa Ferreira e Antônio Carlos de Sousa utilizam diariamente o Terminal Zoobotânico, zona Leste de Teresina, e constata que esse atendimento facilita o deslocamento.

Segundo Luiza, o serviço contribui para que ela se desloque mais rápido e com segurança. “O fiscal e o motorista são gentis no atendimento e eu gosto porque fica fácil ir até o ônibus que eu preciso”, declara.

Para Antônio de Sousa é útil receber essa atenção por parte dos fiscais. “Eu acho bom o serviço e gosto porque os fiscais e os motoristas auxiliam a gente. Só peço que os motoristas tenham mais atenção para que o ônibus fique bem perto da entrada da plataforma para que a gente não tenha nenhum perigo de cair no espaço entre o ônibus e a plataforma”, diz.

A engenheira da Strans Adelia de Melo explica que as plataformas nos terminais foram construídas com dispositivos para garantir a segurança dos usuários. “Esses dispositivos são taxões que auxiliam o balizamento do ônibus junto à plataforma e assim o ônibus fica o mais próximo possível da plataforma para que não haja espaço que comprometa a segurança do usuário”, afirma.

Ela informa que as estações e os terminais estão dentro das normas de acessibilidade. “Todos têm piso tátil, rampas e semáforos sonorizados para auxiliar com segurança os deslocamentos dos deficientes visuais”, destaca.