Durante pandemia da Covid-19 maioria dos usuários de transportes coletivos é dos serviços essenciais

Durante a pandemia da Covid-19 os usuários do transporte coletivo de Teresina foram identificados por meio de pesquisa que aponta que 60% são de trabalhadores do comércio essencial (supermercados, farmácias, postos de gasolina, entre outros); 25% são da área da saúde e 15 % de setores diversos. A pesquisa foi realizada nos 8 terminais de integração pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

Teresina tinha um fluxo diário de 220 mil pessoas utilizando o sistema de transporte coletivo e com a pandemia da Covid-19 houve redução para 1/3 da frota e atualmente fazem uso dos ônibus 20 mil usuários, por dia, para os deslocamentos.

Weldon Bandeira, gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), explica que com base nesses dados verificou-se que era necessário alterar horários de funcionamento de estabelecimentos comerciais que estão em funcionamento. “Por meio de decreto foi feita essa alteração dos horários para evitar aglomeração nos terminais”, cita.

Os dados da pesquisa apontaram que 55,7% dos usuários do transporte coletivo são mulheres que trabalham em setores essenciais e na iniciativa privada, 88% dos usuários informaram que precisam sair de casa uma vez por semana e 44% saem todos os dias para trabalhar, 17,6% são funcionários públicos e 30,4% são na faixa etária de 36 a 50 anos, que está sendo a mais atingida pelos efeitos dessa crise provocada pela pandemia do novo corona vírus.

Dados da pesquisa deverão ser usados para planejamento e outras tomadas de decisão em relação ao uso dos transportes coletivos

Agentes da Strans coordenam fluxo de veículos em barreiras sanitárias

Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão coordenando o fluxo de veículos nas barreiras sanitárias presentes nas três pontes que ligam a capital ao município de Timon, no Maranhão. As paradas acontecerão por tempo indeterminado e têm o objetivo de fazer um controle do estado de saúde das pessoas que entram em Teresina.

Além de sinalizar as vias próximas às pontes, a Strans está coordenando a saída e entrada dos veículos durante a abordagem, priorizando as recomendações da Fundação Municipal de Saúde (FMS), com preferência por veículos com mais de duas pessoas dentro, veículos que sejam de outros municípios e ambulâncias.

“Nossos agentes estarão por tempo indeterminado auxiliando o trabalho da FMS nesses pontos em horários pré-estabelecidos nos três turnos do dia. Orientamos os condutores durante as paradas e, mais à frente, os profissionais de saúde da FMS fazem a abordagem com questionários e medição de temperatura”, explica o gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima.

Strans continua com atendimentos pela plataforma Teresinense Digital

O atendimento online pela plataforma Teresinense Digital tem sido uma das estratégias da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) para prosseguir com os serviços ao público externo durante a pandemia da Covid-19. Os atendimentos presenciais foram suspensos no dia 20 de março para evitar a propagação da doença infecciosa na capital.

Os serviços de renovação de permissão para taxistas, alteração do veículo, transferência da permissão e solicitação de cadastro de 2º operador (táxi e mototáxi) devem ser realizados somente pela plataforma online Teresinense Digital. Requerimentos, consultas e recursos de infrações também devem ser realizados online.

Alyne Costa, gerente de Gestão de Trânsito da Strans, esclarece que os serviços online já estavam disponíveis antes da pandemia, e que nesse momento foram essenciais. “O atendimento online tem permitido que os serviços continuem, preservando a saúde do público externo e dos funcionários da Strans. Apesar de já estarem disponíveis mesmo antes da pandemia, hoje possuem um papel essencial”, pontua.

Para o cadastro na plataforma o usuário deve acessar o site da Prefeitura de Teresina (pmt.pi.gov.br/teresinensedigital) no Menu > Trânsito > Clicar em um dos serviços. O aplicativo Teresinense Digital também está disponível em aparelhos Android e IOS.

Você pode realizar os seguintes procedimentos pela plataforma Teresinense Digital:

– Consulta de Infrações

– Recurso de Infrações

– Requerimento de Pagamento dos Fornecedores da STRANS

– Serviços para Permissionários de Táxi

– Serviços para Permissionários de Mototáxi

– Serviços para Permissionários de Transporte Escolar

– Localização de radares

– Horários dos Transportes Coletivos

Para mais informações sobre o cadastro de usuários, clique aqui e baixe a Cartilha do Usuário Externo.

Agentes de trânsito da Strans fazem doação de sangue no Hemopi

Como ação de solidariedade, um grupo de 15 agentes de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) fez doção de sangue no Hemopi, na manhã desta quinta-feira, 23. Todos já são doadores e se uniram para realizar esse gesto nesse tempo de pandemia da Covid-19 que tem reduzido ainda mais o estoque do banco de sangue do Piauí e também de outros estados.

O supervisor geral dos agentes de Trânsito, Torquato Neto, diz que ao saber dessa necessidade do Hemopi resolveu juntar o grupo de colegas de trabalho para a realização desse gesto que pode salvar vidas. “É uma iniciativa que pretendemos realizar com freqüência porque sabemos da importância desse gesto que pode salvar a vida de muitas pessoas”, fala.

Ele convida outras categorias de profissionais a fazerem o mesmo porque existe muita necessidade de sangue por pessoas vítimas de doenças e em casos de cirurgias. “ Faça a sua doação individualmente, organize com amigos, parentes, colegas de trabalho e contribua para manter uma boa quantidade de estoque de sangue para atender as necessidades de quem precisa”, conclama.

As pessoas que desejam doar sangue podem fazer agendamento pelo telefone 98894 6614. O Hemopi funciona de segunda a sábado das 7h15 às 18h, na rua Primeiro de Maio, 235, Centro/Sul.

 

 

Frota funcionará equivalente ao domingo durante o feriado de Teresina

Durante o feriado de Teresina, o transporte público funcionará com a frota constitucional mínima, equivalente ao domingo normal. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o aniversário da cidade, comemorado no dia 16 de agosto, foi antecipado para esta sexta-feira (17).

Weldon Bandeira, gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS), explica que esse redimensionamento ocorre em todos os feriados, visto que a circulação de passageiros é baixa comparada aos dias normais.

“Em virtude do isolamento social ocasionado pela pandemia do novo coronavírus, o fluxo de passageiros reduziu mais de 90%. Durante o feriado a redução de usuários será ainda maior. Dessa forma, não existe demanda para manter a mesma quantidade de ônibus dos dias convencionais”, pontua.

O gestor ressalta, ainda, que será dada uma atenção especial aos profissionais de saúde que dependem do transporte público, com funcionamento mais intenso da frota nos horários de 6h às 9h, 11h às 13h e 17h às 20h.

Agentes da Strans orientam condutores durante drive thru para vacinação

Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão orientando os condutores nos dois pontos de drive thru para vacinação de idosos contra a gripe, localizados nos estacionamentos da Ponte Estaiada, zona Leste, e do Parque da Cidadania, zona Norte de Teresina. Nesta quarta-feira (15), os agentes estão auxiliando os condutores nas avenidas Raul Lopes e Miguel Rosa, que são as vias próximas aos locais de atendimento.

As vacinações neste formato ficarão disponíveis hoje (15) e amanhã (16), das 10 às 16h. Os motoristas presentes no local estão sendo instruídos a se posicionarem em fila indiana, para que não haja transtornos em ambas avenidas.

“Além de termos sinalizado as vias, estamos também coordenando a entrada e saída dos veículos durante o drive thru. A procura ainda é grande, mas o trânsito está fluindo bem e os condutores têm obedecido as orientações dos agentes”, relata o gerente de Operação e Fiscalização da Strans, Denis Lima.

Strans registra redução de mais de 95 % no número de acidentes com isolamento social

Após o início do isolamento social em Teresina teve redução de 95,2%, na quantidade de acidentes, apenas com danos materias, com cinco ocorrências, no período de 23 de março a 13 de abril, o que corresponde a 22 dias. Os dados são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e apontam que foram 103 acidentes no período de 01 a 22 de março, o que corresponde ao mesmo mesmo período de dias.

O supervisor geral dos agentes de trânsito, Torquato Neto, cita que as ocorrências são na maioria de colisão frontal. “Quase todos foram por causa da falta de atenção e desrespeito às leis de trânsito com o avanço de sinal vermelho em um cruzamento. Sabemos que houve bastante redução no fluxo de veículos, mas aina existem condutores que não obedecem a legislação.

Ele informa que os dados são registrados pela seção de acidentes da Strans e que casos com vítimas são repassados para a Polícia Civil. Os agentes de trânsito continuam fazendo atendimento à população pelos fones 11

Quando da determinação pelo prefeito Firmino filho de decretar a suspensão  de vários tipos de serviços, houve a redução significativa de deslocamento das pessoas e também do fluxo de veículos. O prefeito e autoridades da saúde continuam com o mesmo pedido para as pessoas ficarem em casa e assim impedir a contaminação pelo Covid -19.

Strans alerta para que estabelecimentos cumpram novo decreto e evitem aglomerações nos terminais e estações

Mesmo após a assinatura do novo decreto com alterações em relação ao horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços que já tinham permissão de atendimentos na capital, foram observadas aglomerações nos terminais Rui Barbosa e Bela Vista na manhã desta segunda-feira (13). A Superintendência Municipal de Transportes (Strans) alerta para que os estabelecimentos cumpram o novo decreto.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, explica que a intenção do decreto é evitar agrupamento de pessoas nos espaços destinados aos usuários do transporte público. “Solicitamos que os estabelecimentos passem a cumprir o novo decreto. Nossa intenção é justamente evitar aglomerações durante os horários de pico nos ônibus, estações de passageiros e terminais de ônibus”, alerta.

Após o decreto municipal nº 19.548, de 29 de março de 2020, que estabeleceu o funcionamento de apenas atividades essenciais, foi verificada uma redução de mais de 90% na circulação de passageiros dos ônibus. Mesmo com a redução, a Strans permaneceu atendendo os usuários com a adaptação de mais veículos nos horários de pico e funcionamento da frota mínima constitucional estabelecida nos horários de entrepico.

“Todos os dias estamos acompanhando as movimentações nos terminais e fazendo as adequações necessárias. Neste momento, estamos dando atenção especial aos das zonas Norte e Sul, que possuem mais demanda de usuários nos horários de pico. Na manhã desta segunda-feira (13), durante o horário mais movimentado, foram acrescentados dois ônibus troncais para atender os passageiros no Terminal Rui Barbosa”, relata o gerente de fiscalização da Strans, Pedro Moura.

O gerente ressalta, ainda, que a população deve seguir as recomendações dos órgãos de saúde e evitar essas aglomerações. “É importante que a população que possa ficar em casa, fique em casa. Mesmo após a suspensão da gratuidade para idosos, por exemplo, temos constatado a presença constante de muitos deles nos terminais e estações. Por isso, precisamos garantir a segurança e saúde de todos”, completa.

Strans mantém serviços de manutenção de equipamentos nas vias de Teresina

s serviços de manutenção das vias, bem como a atuação dos agentes de trânsito na cidade, continuam sendo realizados para atender as necessidades da população, mesmo estando reduzidos em virtude das medidas de contenção da Covid-19.  De 17 de março a 7 de abril foram realizados 159 serviços de manutenção em semáforos por equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), bem como em equipamentos de controle de velocidade. Já os agentes de trânsito estão das 6h à meia noite em serviço para atender população e podem ser acionados pelos fones 118 e 3122 7617.

Conforme dados do relatório de manutenção semafórica, nesse período de 17 de março a 7 de abril, do total de 159 serviços, 140 ocorrências foram em semáforos e diretamente relacionadas à oscilação e falta de energia; oito ocasionadas indiretamente com oscilação, falta de energia e também por desgaste natural de equipamentos; oito em grupos focais (peças de colocação das lâmpadas de led); duas relacionados com terceiros e uma por vandalismo.

O diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, engenheiro Augusto Basílio, explica que esses serviços continuarão sendo feitos. “Esta semana foi feita a manutenção de equipamento na Avenida Raul Lopes, embaixo da Ponte Estaiada, porque naquele ponto específico existe fluxo de carros e a travessia para o mirante da ponte. Mesmo existindo semáforo e equipamento de redução de velocidade, recentemente teve acidente gravíssimo que resultou na morte de uma pessoa que estava no carro que colidiu com uma banca de revista. Por isso aquele equipamento tem que estar naquele local e ser feita a manutenção quando necessário”, informa.

O gestor ressalta que Teresina precisa reduzir os acidentes e mortes por acidente de trânsito, especialmente neste momento de enfrentamento de uma pandemia, no qual os leitos devem estar à disposição para tratar pessoas que possam vir a precisar de internação em virtude do covid-19. “Portanto, condutores devem obedecer à legislação de limites de velocidade, além de serem prudentes ao volante”, destaca.

 

Portaria determina suspensão transportes públicos nesta sexta (10) e no domingo (12) em Teresina

O funcionamento do transporte público municipal estará suspenso em Teresina nesta sexta-feira santa (10) e no domingo de páscoa (12). No sábado, 11, está garantido o serviço de transporte público na cidade, como vem sendo realizado desde o decreto municipal de 23 de março, que determina a redução da frota. A medida foi adotada devido ao agravamento da crise de saúde pública, em decorrência da pandemia da COVID-19.

A medida da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) faz parte Portaria Nº 01 /2020, de terça-feira, (07), que tem base na Lei nº 2.620, de 26 de dezembro de 1997, que cria a Strans. Tanto a Prefeitura de Teresina quanto o Governo do Estado já decretaram estado de calamidade pública por meio do Decreto Municipal nº 19.537, de 20.03.2020, e do Decreto Estadual nº 18.895, de 19.03.2020, respectivamente. Verifica-se também que nesses feriados existe pouca procura pelo serviço de transporte público.

Weldon Bandeira, gestor da Strans, explica que o transporte público é um serviço essencial, mas nesse cenário de pandemia é uma medida necessária. “Analisamos que é urgente estabelecer medidas indispensáveis para se evitar a contaminação das pessoas pela Covid-19. Por isso, teremos que restringir o risco, preservar a integridade física e a saúde dos cidadãos em geral. As autoridades da saúde continuam recomendando o isolamento social e Teresina precisa se adequar a essa recomendação”, afirma.  Ele ressalta que nessas datas existe pouca procura pelos serviços de transporte público e deve baixar ainda mais devido à pandemia da Covid-19.