Prefeitura vai revitalizar abrigos para usuários de ônibus

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), da Prefeitura de Teresina, realizou hoje (18), na sede do órgão, uma reunião entre o diretor de Transportes Públicos, Ricardo Freitas, a gerente de Educação de Trânsito, Samyra Motta, a gerente de Planejamento, Cintia Machado, e a gerente da MC Teresina Comunicação Urbana, Lúcia Norberto. O encontro teve como objetivo discutir alternativas para revitalizar os abrigos para passageiros do transporte coletivo da capital.

 

De acordo com Ricardo Freitas, a reunião foi muito proveitosa e a partir de agora será realizado um trabalho de revitalização desses abrigos, que possuem espaço para publicidade. “Estamos fechando parceria com a empresa MC, que será muito boa para a nossa cidade. Faremos um trabalho em todos os abrigos e conseguiremos dar uma nova aparência a todos”, afirmou.

 

Freitas reforça que serão implantadas nos abrigos mensagens educativas de trânsito. “Vamos utilizar esses espaços com mensagens educativas para incentivar a mudança do comportamento das pessoas no trânsito”, complementou.

 

A gerente de educação de trânsito da Strans, Samyra Motta, acredita que as mensagens educativas nos abrigos para passageiros de ônibus irão ajudar a mudar o comportamento das pessoas. “Além de melhorar a aparência dos abrigos, as mensagens educativas irão ajudar no trabalho de educação no trânsito”, disse.

 

Para gerente da MC Teresina Comunicação Urbana, única concessionária da Prefeitura de Teresina, Lúcia Norberto, a parceria com a Strans é muito importante para que os abrigos sejam conservados. “Essa é uma parceria muito importante para a cidade, por isso estamos nos disponibilizando a colaborar e oferecer a estrutura para que esse material publicitário seja aplicado nos abrigos de Teresina. Além de oferecer uma melhor aparência para os abrigos, serão colocadas mensagens educativas de trânsito”, finalizou.

Prefeitura interdita vias para Corso 2014

Com o objetivo de garantir a segurança das pessoas e dos veículos que vão participar do Corso 2014 a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai iniciar na sexta-feira (21/02), às 8h, a interdição de alguns pontos da Avenida Marechal Castelo Branco e no sábado (22/02) a Avenida Raul Lopes, a ponte da Primavera e o restante da Avenida Marechal Castelo Branco.

 

De acordo com o Diretor de Operação e Fiscalização da Strans, coronel Hudson Lima, a interdição será inicialmente feita, na sexta-feira (21/02), na Avenida Marechal Castelo Branco, entretanto os seguintes cruzamentos ficarão abertos até o sábado: com a Rua São Pedro, com a Frei Serafim e o retorno do Condomínio Bevelly Hills. “No sábado (22/02), a partir das 7h, serão fechados todos os retornos da Marechal Castelo Branco.

 

A partir das 14h serão interditadas todas as vias que dão acesso as Avenidas Raul Lopes, Duque de Caxias, Petrônio Portela, Universitária e a Ponte da Primavera”, acrescentou.

 

Hudson informa ainda que é importante que os condutores evitem circular nessas áreas. “Precisamos contar com a colaboração das pessoas que costumam utilizar essas vias públicas, pedimos que utilizem as rotas alternativas para evitar problema na circulação”, ressaltou.

 

Para garantir o retorno seguro para as pessoas que vão para o Corso a superintendência planejou pontos para taxis e mototaxis ao longo do percurso da festa. “Teremos pontos de taxis e de mototaxis para que as pessoas possam utilizar esse serviço. Estamos aconselhando que os foliões optem por ir para Corso de taxi ou mototaxi que é mais seguro”, enfatizou.

 

Além disso, serão instalados ao longo da Avenida Raul Lopes pontos de atendimento de emergência e ainda terão três ambulâncias para atender em caso de emergência. “Queremos garantir atendimento médico, caso seja necessário, para tanto teremos dois pontos de atendimento médico que ficarão localizados um perto da Potycabana e outro próximo a Ponte Estaiada, ainda teremos ambulâncias na Avenida Marechal Castelo Branco, Ponte Estaiada e na Avenida Universitária”, finalizou.