Strans modifica linha da zona Norte para atender mais usuários

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informa que, a partir deste sábado (8), a linha 107 (Anita Ferraz/Nova Theresina/Poti Velho) será fundida com as linhas 109 (Santa Maria/Shopping/Monte Verde), 203 (Anita Ferraz/Nova Theresina/Mocambinho) e 102 (Poti Velho/Frei Serafim/Acarape). A mudança foi realizada após ter sido feita pesquisa de demanda da linha.

 

De acordo com o Diretor de Transportes Públicos da Strans, Francisco Nogueira, a fusão dessas linhas foi feita para otimizar o serviço na região. “Tínhamos uma linha com pouca demanda de passageiros, por isso fizemos essa mudança para ampliar e oferecer um atendimento melhor para a região”, acrescentou.

 

Nogueira ressalta que o itinerário será o mesmo e que as pessoas não precisam se preocupar, pois as linhas atenderão com tranquilidade a demanda dos usuários. “Na verdade, estamos fazendo um trabalho de racionalizar os carros e o tempo de viagem deles, assim iremos beneficiar um maior número de pessoas. Estaremos com os fiscais nas paradas de ônibus para orientar os usuários”, finalizou.

Prefeitura prorroga prazo para renovar alvarás de táxis

 

Foi prorrogado até a próxima sexta (7) o prazo para a renovação dos alvarás de táxi. Até o momento 1785 taxistas fizeram a renovação, entretanto o município de Teresina conta com 2010 taxistas que precisam procurar a superintendência para renovar o alvará. Os 225 que faltam fazer a renovação devem comparecer à Strans até a próxima sexta (7), no horário das 7h30 às 16h30’.

De acordo com a Gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, o prazo foi prorrogado pela fato do Detran ter ficado cinco dias com o atendimentos fora do ar, por isso alguns taxistas não conseguiram a documentação necessária para renovação. “Adiamos prazo mas é importante que as pessoas venham o quanto antes. Os condutores devem trazer os documentos pessoais e do veículo e ainda o Cadastro Mercantil do Contribuinte (CMC) que é expedido pela prefeitura”, acrescentou.

A gerente alerta que neste ano o taxista precisa apresentar o certificado do Curso de Taxista, que está sendo realizado no Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e no Centro de Formação de Condutores (CFC) e que tem como objetivo qualificar o taxista. “Desde 2015 com as mudanças que foram feitas no regulamento dos taxistas ficou decidido que a partir agora é preciso que os taxistas façam o curso para que ofereçam um atendimento melhor para os usuários do serviço e a outra mudança é que o carro deverá ter o máximo seis anos de uso,”, acrescentou.

Cintia reforça que o taxista que não estiver com a documentação obrigatória não poderá renovar o alvará. “Solicitamos que os taxistas compareçam o quanto antes para que não haja problema. Além da análise da documentação faremos a vistoria dos veículos, verificando inclusive os equipamentos de segurança”, finalizou.
A gerente alerta os taxistas que ainda não compareceram à superintendência, que venham o quanto antes, pois aqueles que não renovarem o alvará estarão trabalhando de foram ilegal e podem ser punidos.

 

Prefeitura vai implantar abrigos para passageiros na zona Rural

Para proporcionar mais conforto para os usuários do transporte público rural a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está instalando sete abrigos para passageiros de ônibus nas seguintes localidades: Santa Luz, Nova Laguna, Boqueirão e Soinho.

De acordo com a engenheira Adélia de Melo, os abrigos para passageiros que serão implantados seguem um modelo padrão e dará mais conforto para as pessoas que esperam o transporte coletivo na zona Rural. “São abrigos de metalon, que serão implantados levando em consideração o espaço físico determinado para cada um deles”, disse.

O gerente de transporte rural da Strans, Luis da Cruz Neto, explica que a implantação dos abrigos era uma reivindicação das comunidades. “Com a implantação dos abrigos para passageiros iremos beneficiar mais de trezentas famílias na zona Rural”, acrescentou.

Strans atua diariamente na fiscalização de obras para evitar transtornos

Para minimizar os transtornos para a população com relação às obras de mobilidade urbana, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) realiza diariamente visita aos canteiros de obras e fiscaliza como está a sinalização a fim de reduzir os problemas com a circulação dos veículos pelas vias públicas.
De acordo com a engenheira Adélia de Melo, a fiscalização nos canteiros de obra é feita regularmente e todas as vezes que é identificado algum tipo de problema a construtora é acionada para que resolva. “Estamos sempre percorrendo as obras com intuito de que haja uma total segurança para as pessoas que circulam pelas vias, inclusive, está previsto no contrato de serviço que a construtora deverá colocar nas obras toda a sinalização necessária para que previna acidente. Nos trechos de obras, os condutores precisam transitar com uma menor velocidade para evitar acidentes”, afirma.
A engenheira enfatiza que as obras normalmente causam transtornos. Porém, os transtornos são momentâneos, enquanto os benefícios trazidos pelas obras serão constantes, já que o novo sistema de transportes públicos que começa a ser implantado na cidade é mais eficiente e com mais qualidade para todos.
Ainda segundo Adélia, o trabalho de fiscalização é feito com o intuito de garantir a segurança das pessoas e dos condutores. “Com as fortes chuvas, a atenção dos condutores deve ser redobrada, e muitas vezes as placas de sinalização são levadas por conta da intempéries. Por isso hoje estamos com o nosso pessoal em campo verificando a sinalização nos canteiros”, finalizou.

Avenidas estão sendo preparadas para implantação das faixas exclusivas

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está concluindo a implantação do pavimento rígido nas avenidas que receberão as faixas exclusivas para ônibus.  As vias também ganharão sinalização vertical e horizontal e abrigos para passageiros.
Ao todo são 11 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus que devem proporcionar mais agilidade para o transporte público em toda capital.  De acordo com a engenheira Adélia de Melo, o pavimento rígido está sendo feito nos locais onde serão colocados os abrigos metálicos para os usuários de ônibus. “Estamos fazendo esse pavimento para garantir uma maior durabilidade para a faixa”, acrescentou.
As faixas exclusivas fazem parte do conjunto de obras de mobilidade urbana da cidade. “Assim como os corredores, as faixas exclusivas estão sendo implantadas para garantir mais agilidade e um transporte público com mais qualidade para os usuário”, enfatizou Adélia de Melo.
Nas vias públicas onde terão as faixas exclusivas serão implantados 53 abrigos metálicos para passageiros. “Esses novos abrigos que serão implantados nas avenidas terão rampas de acessibilidade para atender  pessoas com deficiência”, acrescentou.
A Lei que trata da mobilidade urbana cita que os serviços de transporte público coletivo devem ter prioridade sobre o transporte individual motorizado, portanto, as ações estão sendo realizadas seguindo a legislação, sempre priorizando já que o transporte coletivo que beneficia um maior número de pessoas.
As faixas estão sendo implantadas nas seguintes vias:
1. Avenida Miguel Rosa – trecho da Rua Rui Barbosa até a Avenida Maranhão;
2. Avenida Maranhão – da Alameda Parnaíba até o Conjunto Saci;
3. Avenida Joaquim Nelson – do Terminal do Livramento até o cruzamento com a Avenida José Francisco de Almeida Neto, avenida principal do Dirceu;
4. Avenida Zequinha Freire;
5. Expedicionários e Higino Cunha – trecho da Miguel Rosa até a Ponte Wall Ferraz

Strans instala coberturas nas estações de passageiros

A Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) avança na obra das estações para passageiros que estão sendo construídas nos corredores exclusivos para ônibus. Esta semana, os espaços começaram a receber as coberturas e os vidros.
De acordo com a engenheira Adélia de Melo, as estações estão sendo preparadas para serem climatizadas e para receberem as portas automáticas. “Estamos fazendo a cobertura e o fechamento com vidros nas estações, todas no mesmo padrão”, informou.
A engenheira ressalta ainda que nos próximos dias devem ser instaladas as portas automáticas. “Estamos com as nossas equipes trabalhando diariamente nas estações para finalizar o quanto antes. A expectativa é que até o final deste semestre a prefeitura entregue todos os corredores”, adiantou.
A Prefeitura está implantando cinco corredores segregados para ônibus, cada um com o número de estações de passageiros para atender o número de ônibus que devem circular pelos locais.
-Corredor Sul I – compreende as Avenida Barão de Gurguéia e Henry Wall de Carvalho, com 12 estações
-Corredor Sul II – abrange as Avenidas Miguel Rosa e Professor Wall Ferraz, com  21 estações
-Corredor da Avenida Gil Martins, irá ligar a Avenida Barão de Gurguéia ao terminal do Itararé passando pela Ponte Anselmo Dias, com 5 estações
-Corredor Avenida Presidente Kennedy, com 12 estações
-Corredor João XXIII, com 5 estações

Strans faz operação em 10 pontos de Teresina e aborda 607 veículos

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito realizou, na noite desta quinta-feira (23), a operação “Todos pelo Trânsito”, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTran), e o Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE). Durante a operação, os agentes abordaram 607 veículos, removeram 30, fizeram 82 autuações, 28 testes de alcoolemia e uma pessoa foi presa por embriaguez.
De acordo com o Diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, a operação foi realizada em dez pontos da zona Leste com a intenção de aumentar o rigor nas ações. “Fizemos uma grande operação e com isso temos a certeza que conseguimos evitar muitos acidentes”, enfatizou.
O diretor comentou ainda que a união de esforços dos órgãos de fiscalização de trânsito tem conseguido salvar a vida de muitas pessoas. “Nos unimos para fazer um trabalho completo de fiscalização. Cada um está fazendo o seu trabalho na sua área de competência e com isso estamos conseguindo bons resultados. Temos a certeza que em pouco tempo veremos o reflexo dessa operação”, finalizou.

Terminal do Bela Vista entra em fase de conclusão

Em breve a mobilidade urbana de Teresina ganhará mais um terminal de integração. Localizado na zona Sul, o Terminal do Bela Vista fica localizado na Avenida Prefeito Wall Ferraz, próximo ao cruzamento com a Rua Irmã Alzira Carvalho. Com  2.754,51 mil metros quadrado de área construída, a obra tem valor de R$ 4.923.942,97 reais e está em fase de conclusão.
De acordo com engenheira da Strans, Adélia de Melo, o obra está na fase de conclusão e deverá ser entregue em breve. “No momento a construtora está concluído a fase de limpeza da obra. O terminal foi construído no mesmo padrão dos demais terminais de integração”, enfatizou.
A engenheira enfatiza que projetos dos terminais são similares,embora sejam executadas algumas adaptações de acordo com os terrenos. “Os terminais estão sendo feitos para proporcionar conforto para os usuários dos transportes públicos, inclusive, todos foram construídos respeitando a Lei da Acessibilidade, pois assim estamos proporcionando um mobilidade segura para as pessoas com deficiência. Além disso, temos no terminais bicicletário para atender às necessidade das pessoas que utilizam a bicicleta como veículo”, disse,
Com a conclusão do Terminal do Bela Vista, a expectativa é a de que circulem pelo local 11 linhas de ônibus da zona Sul, sendo 7 ônibus das linhas alimentadoras (bairro/terminal) e 4 das linhas  troncais (terminal/centro) que compreende um total 43 ônibus, devem passar pelo local 20mil passageiros por dia, que soma um total de 445 mil usuários do transporte público por mês.
Segundo o gerente de Planejamento da Strans, Vinicius Rufino, uma grande parte dos bairros da zona Sul será beneficiada com o terminal. “Esse terminal  irá beneficiar os moradores dos seguintes bairros: Portal da Alegria, Esplanada, Pedra Miúda, Brasilar, Parque Jacinta, Parque Juliana, Parque Sul, São Lourenço e Bela Vista, o que corresponde a cerca de 40% das pessoas que moram na zona Sul”, explicou.
O gerente reforça ainda que com conclusão dos terminais e dos corredores exclusivos para os ônibus, o transporte público vai ganhar mais agilidade e consequentemente será oferecido um serviço de mais qualidade. “A finalização de todo o sistema tratará para cidade de Teresina, um novo sistema de transporte público”, finalizou.

Strans notifica 65 e remove 11 veículos em operação de fiscalização

Em operação de fiscalização realizada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) em parceria com a Polícia Militar (PM), foram realizadas 65 autuações de veículos e 11 remoções. O trabalho foi feito ontem, no horário das 14h às 20h, no cruzamento das Ruas Horizontina com Dezenove, no Bairro Planalto Uruguai, na zona Leste da cidade.

De acordo com o gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, esse tipo de operação é realizada várias vezes na semana. “Estamos realizando as blitzen, especialmente, nos bairros, por identificamos muitas pessoas circulando sem habilitação e sem equipamento obrigatório de segurança”, enfatizou.

Denis relata que no momento da abordagem foram Identificados muitos condutores, por exemplo, circulando de moto sem  capacete. “Nesses casos notificamos e fizemos também um trabalho educativo no sentido de mostrar para os motociciclistas a importância do uso do equipamento”, acrescentou.

O gerente reforça ainda que a operação conta com participação da Policia Militar, com isso está sendo feito também uma trabalho para garantir a segurança da população. “Temos um convênio com a Polícia Militar que nos permite fazer esse tipo de trabalho. Estamos trabalhando para coibir o desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e ainda garantir a segurança das pessoas, pois no momento das abordagens muitas vezes identificamos pessoas que ameaçam a segurança dos cidadãos”, finalizou.

Transporte Eficiente faz atendimento diferenciado para pessoas com deficiência

Neste 22 de março, data em que se comemora o Dia Municipal da Pessoa com Deficiência, a Prefeitura destaca um dos serviços que tem feito diferença na vida de quem precisa: o Transporte Eficiente. Somente nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, foram realizados 17 mil atendimentos. Diariamente, em Teresina, cerca 130 pessoas utilizam o serviço, que conta atualmente com 1.032 pessoas cadastradas.

Os atendimentos são feitos por 12 carros distribuídos nas zonas Leste (2), Sul (3), Sudeste (2), Norte (4) e Centro (1). O processo de solicitação para utilização do serviço deve ser iniciado no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), unidade vinculada à Semtcas (Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social). A pessoa que irá solicitar vai precisar de cópia do RG, do CPF, do laudo médico e do comprovante de residência para que seja realizado um cadastro. O benefício é concedido após análise da Strans (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito).

Com o cadastro pronto, o usuário poderá agendar na Strans o dia e horário para utilizar o serviço, mas é importante lembrar que o agendamento deverá ser feito sempre com uma dia de antecedência, de forma gratuita, pelo telefone 08000 86 3122.

De acordo com o Diretor de Transportes Públicos, Francisco Nogueira, o Transporte Eficiente oferece um atendimento diferenciado para as pessoas com deficiência, pois pega o passageiro na porta de casa e retorna para a residência da pessoa.

Outro diferencial é o fato do usuário poder fazer a viagem com um acompanhante para ter uma melhor assistência. “Oferecemos um serviço especial para as pessoas com deficiência. Atendemos, inclusive, nos finais de semana para que as pessoas participem de atividades de entretenimento e, com isso, ajudá-los no processo de inclusão social”, destacou.