Strans registra redução de mais de 95 % no número de acidentes com isolamento social

Após o início do isolamento social em Teresina teve redução de 95,2%, na quantidade de acidentes, apenas com danos materias, com cinco ocorrências, no período de 23 de março a 13 de abril, o que corresponde a 22 dias. Os dados são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e apontam que foram 103 acidentes no período de 01 a 22 de março, o que corresponde ao mesmo mesmo período de dias.

O supervisor geral dos agentes de trânsito, Torquato Neto, cita que as ocorrências são na maioria de colisão frontal. “Quase todos foram por causa da falta de atenção e desrespeito às leis de trânsito com o avanço de sinal vermelho em um cruzamento. Sabemos que houve bastante redução no fluxo de veículos, mas aina existem condutores que não obedecem a legislação.

Ele informa que os dados são registrados pela seção de acidentes da Strans e que casos com vítimas são repassados para a Polícia Civil. Os agentes de trânsito continuam fazendo atendimento à população pelos fones 11

Quando da determinação pelo prefeito Firmino filho de decretar a suspensão  de vários tipos de serviços, houve a redução significativa de deslocamento das pessoas e também do fluxo de veículos. O prefeito e autoridades da saúde continuam com o mesmo pedido para as pessoas ficarem em casa e assim impedir a contaminação pelo Covid -19.

Strans alerta para que estabelecimentos cumpram novo decreto e evitem aglomerações nos terminais e estações

Mesmo após a assinatura do novo decreto com alterações em relação ao horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços que já tinham permissão de atendimentos na capital, foram observadas aglomerações nos terminais Rui Barbosa e Bela Vista na manhã desta segunda-feira (13). A Superintendência Municipal de Transportes (Strans) alerta para que os estabelecimentos cumpram o novo decreto.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, explica que a intenção do decreto é evitar agrupamento de pessoas nos espaços destinados aos usuários do transporte público. “Solicitamos que os estabelecimentos passem a cumprir o novo decreto. Nossa intenção é justamente evitar aglomerações durante os horários de pico nos ônibus, estações de passageiros e terminais de ônibus”, alerta.

Após o decreto municipal nº 19.548, de 29 de março de 2020, que estabeleceu o funcionamento de apenas atividades essenciais, foi verificada uma redução de mais de 90% na circulação de passageiros dos ônibus. Mesmo com a redução, a Strans permaneceu atendendo os usuários com a adaptação de mais veículos nos horários de pico e funcionamento da frota mínima constitucional estabelecida nos horários de entrepico.

“Todos os dias estamos acompanhando as movimentações nos terminais e fazendo as adequações necessárias. Neste momento, estamos dando atenção especial aos das zonas Norte e Sul, que possuem mais demanda de usuários nos horários de pico. Na manhã desta segunda-feira (13), durante o horário mais movimentado, foram acrescentados dois ônibus troncais para atender os passageiros no Terminal Rui Barbosa”, relata o gerente de fiscalização da Strans, Pedro Moura.

O gerente ressalta, ainda, que a população deve seguir as recomendações dos órgãos de saúde e evitar essas aglomerações. “É importante que a população que possa ficar em casa, fique em casa. Mesmo após a suspensão da gratuidade para idosos, por exemplo, temos constatado a presença constante de muitos deles nos terminais e estações. Por isso, precisamos garantir a segurança e saúde de todos”, completa.

Strans mantém serviços de manutenção de equipamentos nas vias de Teresina

s serviços de manutenção das vias, bem como a atuação dos agentes de trânsito na cidade, continuam sendo realizados para atender as necessidades da população, mesmo estando reduzidos em virtude das medidas de contenção da Covid-19.  De 17 de março a 7 de abril foram realizados 159 serviços de manutenção em semáforos por equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), bem como em equipamentos de controle de velocidade. Já os agentes de trânsito estão das 6h à meia noite em serviço para atender população e podem ser acionados pelos fones 118 e 3122 7617.

Conforme dados do relatório de manutenção semafórica, nesse período de 17 de março a 7 de abril, do total de 159 serviços, 140 ocorrências foram em semáforos e diretamente relacionadas à oscilação e falta de energia; oito ocasionadas indiretamente com oscilação, falta de energia e também por desgaste natural de equipamentos; oito em grupos focais (peças de colocação das lâmpadas de led); duas relacionados com terceiros e uma por vandalismo.

O diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, engenheiro Augusto Basílio, explica que esses serviços continuarão sendo feitos. “Esta semana foi feita a manutenção de equipamento na Avenida Raul Lopes, embaixo da Ponte Estaiada, porque naquele ponto específico existe fluxo de carros e a travessia para o mirante da ponte. Mesmo existindo semáforo e equipamento de redução de velocidade, recentemente teve acidente gravíssimo que resultou na morte de uma pessoa que estava no carro que colidiu com uma banca de revista. Por isso aquele equipamento tem que estar naquele local e ser feita a manutenção quando necessário”, informa.

O gestor ressalta que Teresina precisa reduzir os acidentes e mortes por acidente de trânsito, especialmente neste momento de enfrentamento de uma pandemia, no qual os leitos devem estar à disposição para tratar pessoas que possam vir a precisar de internação em virtude do covid-19. “Portanto, condutores devem obedecer à legislação de limites de velocidade, além de serem prudentes ao volante”, destaca.

 

Portaria determina suspensão transportes públicos nesta sexta (10) e no domingo (12) em Teresina

O funcionamento do transporte público municipal estará suspenso em Teresina nesta sexta-feira santa (10) e no domingo de páscoa (12). No sábado, 11, está garantido o serviço de transporte público na cidade, como vem sendo realizado desde o decreto municipal de 23 de março, que determina a redução da frota. A medida foi adotada devido ao agravamento da crise de saúde pública, em decorrência da pandemia da COVID-19.

A medida da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) faz parte Portaria Nº 01 /2020, de terça-feira, (07), que tem base na Lei nº 2.620, de 26 de dezembro de 1997, que cria a Strans. Tanto a Prefeitura de Teresina quanto o Governo do Estado já decretaram estado de calamidade pública por meio do Decreto Municipal nº 19.537, de 20.03.2020, e do Decreto Estadual nº 18.895, de 19.03.2020, respectivamente. Verifica-se também que nesses feriados existe pouca procura pelo serviço de transporte público.

Weldon Bandeira, gestor da Strans, explica que o transporte público é um serviço essencial, mas nesse cenário de pandemia é uma medida necessária. “Analisamos que é urgente estabelecer medidas indispensáveis para se evitar a contaminação das pessoas pela Covid-19. Por isso, teremos que restringir o risco, preservar a integridade física e a saúde dos cidadãos em geral. As autoridades da saúde continuam recomendando o isolamento social e Teresina precisa se adequar a essa recomendação”, afirma.  Ele ressalta que nessas datas existe pouca procura pelos serviços de transporte público e deve baixar ainda mais devido à pandemia da Covid-19.

Decreto suspende passe estudantil no transporte público em Teresina

O prefeito Firmino Filho assinou decreto suspendendo o passe estudantil no transporte público da capital. A medida é mais uma estratégia da Prefeitura para evitar as aglomerações como forma de auxiliar no enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus. O decreto já entra em vigor nesta quarta-feira.

Segundo dados da Superintendência de Transportes e Trânsito de Teresina (Strans), 12% dos passageiros que continuam utilizando diariamente o transporte público são estudantes, o que corresponde a, aproximadamente, 2.500 pessoas. “É um número alto e que vai de encontro ao que estamos orientando. Estamos com as aulas suspensas, as bibliotecas, os shoppings e teatros fechados por conta dos decretos feitos para evitar as aglomerações. Termos ainda essa quantidade de estudantes saindo de suas casas é contra a nossa estratégia para combater o vírus. Não faz sentido a Prefeitura estimular as aglomerações”, argumentou o prefeito.

Para adotar a medida, o prefeito levou em consideração que a capital está em situação de calamidade pública em saúde e também a existência dos decretos, tanto municipal quanto estadual, de suspensão das aulas. O objetivo também é de reduzir, ao máximo possível, a circulação de pessoas pela capital, para evitar a disseminação do Covid19.

Firmino Filho considerou ainda que existe uma perspectiva dos órgãos de saúde de um aumento exponencial dos casos de Covid19 na capital. “Estamos adotando todas as estratégias possíveis para que as pessoas permaneçam em suas casas. É necessário que isso aconteça. Então, vamos ficar em casa”, frisa. Em Teresina, segundo os dados do último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde, já são contabilizados 579 casos notificados do novo coronavírus, sendo 130 suspeitos, 425 descartados, 24 confirmados e três óbitos

Preso em flagrante autor de furtos nas estações de passageiros

Foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (06), um homem que realizava furto na estação de passageiros Nações Unidas, zona Sul de Teresina. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes e confessou ter roubado um aparelho de ar condicionado, na semana passada, de uma das estações de embarque e desembarque de passageiros e identificou receptador. Nas ultimas duas semanas foram identificados 10 casos de furtos em estações na zona sul.

Na manhã desta segunda-feira terá a audiência de custódia sobre esse caso. O preso foi reconhecido como autor de vários furtos em estações no ano passado, tendo sido preso por 30 dias, por esses atos criminosos.

O Coronel John Feitosa, da Assistência Militar da Prefeitura de Teresina, destaca que foi planejada uma ação em conjunto com a Guarda Municipal, Polícia Militar e reservado da Polícia Militar para capturar autores de furtos nas estações. “Estava sendo verificada grande quantidade de furtos de cabos de cobre e até aparelho de ar condicionado, desde que foi iniciado o período de isolamento social por causa da Covid-19. Esse foi capturado e se houver outros praticando o mesmo delito serão identificados e presos”, diz.

O Coronel Jaime Oliveira, diretor de Operações de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), informa que a polícia deve agora proceder a investigação para encontrar quem faz parte dessas ações delituosas.

Sobre os furtos

Na semana passada cinco estações de passageiros foram alvos de furtos em Teresina, tendo sido levados cabos de iluminação, plugs e tubulações de cobre das máquinas de ar-condicionado das estações Fórum Sul, Justiça Federal, Chesf, Pio XII e Nações Unidas, na zona Sul da capital.

Na última semana de março já haviam sido praticados furtos nas estações Ivan Tito, Albertão, Justiça Federal, Pio XII (nos dois sentidos) e Nações Unidas.

Strans adota medidas em terminais de integração para evitar aglomeração

Os terminais de integração das zonas Sul e Leste estão funcionando a partir desde sábado, 04, com a área de embarque de passageiros com faixas de demarcações no piso com distância de 1,50m para que os usuários utilizem enquanto aguardam o transporte. Os fiscais dos terminais  também irão fazer o controle da quantidade de pessoas em cada veículo para evitar aglomerações. Após a lotação recomendável, os demais passageiros serão encaminhados para um  ônibus reserva.

Até a próxima segunda-feira, 06, os oito terminais de integração de todas as zonas de Teresina também estarão funcionando com essas mesmas determinações.

Para Weldon Bandeira, gestor da Strans,  é importante a compreensão dos usuários para evitar casos de aglomerações que vinham sendo verificados nos últimos dias. “Observamos que esta semana teve um aumento no número de passageiros nos terminais em relação à ultima semana quando foi verificada redução de 90% dos passageiros. Essas medidas são para evitar que os usuários estejam expostos aos riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Pedimos a colaboração das pessoas para que respeitem os limites especificados nas demarcações para o seu próprio bem e de sua saúde”, solicita.

Segundo Coronel Jaime Oliveira, diretor de Operação de trânsito da Strans, as medidas estão sendo executadas pelos fiscais do sistema de transporte público que atuam nos terminais, com o apoio de policiais militares e guardas civis municipais. “É um trabalho em equipe para que tenhamos bom resultado. O ideal seria o isolamento social em obediência às orientações da Organização Mundial de Saúde e demais autoridades, mas quando não é possível temos que ter outras alternativas”, diz, informando que tem o apoio dos comandantes dos Batalhões do Convênio STRANS / PM- PI e da Guarda Civil Municipal.

 

Nesse período de pandemia do Covid-19, está decretado estado de calamidade e por meio do Decreto Municipal Nº 19.541 de 23 de março passado que está em vigor, o transporte público de passageiros está funcionando com frota mínima, prevista na Constituição.

Mais cinco estações de passageiros foram alvos de furtos nesta semana

Ascom/Strans

Nesta semana, mais cinco estações de passageiros foram alvos de furtos em Teresina. Foram levados cabos de iluminação, plugs e tubulações de cobre das máquinas de ar-condicionado das estações Fórum Sul, Justiça Federal, Chesf, Pio XII e Nações Unidas, na zona Sul da capital. É a segunda vez que os equipamentos públicos são alvos de furtos em menos de duas semanas.

Na semana passada, os furtos ocorreram nas estações Ivan Tito, Albertão, Justiça Federal, Pio XII (nos dois sentidos) e Nações Unidas. Foram levados cabos de cobre, plugs e cortinas de ar-condicionado.

O coronel John Feitosa, da Assistência Militar da Prefeitura de Teresina, assegura que desde o início da semana, os trabalhos de policiamento vêm sendo redobrados. “Além dos trabalhos de fiscalização das equipes da Guarda Municipal durante todo o dia, contamos com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado e Polícia Militar para identificar e prender quem vem cometendo esses atos que vandalizam os equipamentos públicos”, informa.

O diretor de operação e fiscalização da Strans, coronel Jaime Oliveira, revela que os furtos acontecem, normalmente, no intervalo de troca das equipes que realizam as rondas. “Os responsáveis costumam realizar os furtos no intervalo de troca das equipes, mas já estamos colocando em prática as estratégias para coibir essas ações”, explica.

A reposição dos equipamentos furtados e danificados é feita pela Strans e cada ocorrência é registrada para manter as estações em bom funcionamento e evitar transtornos aos usuários.

Permissionários do transporte individual de passageiros devem redobrar cuidados com a Covid-19

Em Teresina, não há restrições com relação a atuação dos profissionais que trabalham com o transporte individual de passageiros. No entanto, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vem seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e está orientando os condutores e usuários desse tipo de serviço para que redobrem os cuidados com a Covid-19.

Para os profissionais que utilizam o carro como meio de locomoção, a orientação é desligar o ar-condicionado e realizar as viagens com os vidros abertos. Além disso, os taxistas e mototaxistas devem realizar a higienização de seus veículos e dos capacetes regularmente. De preferência, após o término de cada corrida.

“Recomendamos que os profissionais desse tipo de transporte intensifiquem as prevenções para evitar a propagação da Covid-19. É importante também que os usuários façam o seu papel e só se desloquem de suas casas em casos de extrema necessidade. Quem pode, deve ficar em casa”, alerta o gerente de licenciamento e concessão da Strans, Rômulo Rêgo.

A Strans recomenda, ainda, que os passageiros obedeçam as recomendações básicas de higienização e evitem corridas compartilhadas, para coibir a aglomeração nos veículos.

 

 

 

Circulação de passageiros nos ônibus tem queda de 90%, aponta bilhetagem eletrônica

Os teresinenses estão cumprindo com as orientações dos órgãos de saúde para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). A bilhetagem eletrônica apontou nos últimos dias uma queda de 90% na circulação de passageiros nos ônibus. Nas semanas anteriores, de início do decreto municipal que estabelecia o funcionamento mínimo das atividades comerciais, a redução era de apenas 55%.

“Mesmo com a queda de 90% dos passageiros, a frota mínima constitucional está circulando e os terminais vêm sendo administrados em tempo real, com verificação de demanda para ajustes necessários no período de pico”, explica o gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Weldon Bandeira.

A recomendação é que as pessoas que possam permanecer em casa, cumpram com as orientações. “Foi constatada uma grande evolução no comportamento dos teresinenses, que vêm cumprindo com as orientações. Solicitamos a quem pode, que permaneça em casa”, ressalta Bandeira.

Higienização dos ônibus tem sido intensificada

Desde o dia 17 de março, a Strans recomendou que a limpeza diária dos ônibus, estações e terminais de integração fosse intensificada. Os veículos que estão em circulação estão recebendo cuidados de higienização redobrados pelos consórcios do transporte público, com a limpeza de pisos, assentos, catracas, portas e suportes. As estações e terminais de integração também estão recebendo serviços de limpeza intensificados.