Strans investe em sinalização em Teresina para mais segurança no trânsito

Para tornar o trânsito de Teresina mais seguro e melhorar o fluxo de veículos, organizado, a Prefeitura de Teresina ampliou o investimento nos últimos anos com a instalação de semáforos, placas, além de sinalização horizontal de grandes avenidas, com pintura de faixa de pedestre, linha divisória de fluxo de veículos, espaços de estacionamento e área de paradas de ônibus.

 

No caso dos semáforos, já são 310 espalhados pela cidade, um aumento de quase 100% em relação há 10 anos, quando havia somente 160 equipamentos. “Esses aparelhos melhoram a fluidez do trânsito e controlam o direto de passagem de veículos e pedestres, reduzindo conflitos relacionados à circulação nas vias”, explica o gestor da Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito), Weldon Bandeira.

 

O número de placas de sinalização instaladas também aumentou. Em dez anos, foram implantadas 27.961 placas de sinalização nas vias para orientar os condutores sobre limites de velocidade, vagas de estacionamento, faixas de pedestres, entre outras.

 

Um dos investimentos da Strans para aumentar a segurança no trânsito foi o projeto Esquina Segura, implantado no ano passado, que reduziu em mais de 80% as colisões em cruzamentos de vias. “Fizemos intervenções na sinalização de 45 cruzamentos de maior fluxo do centro e de bairros. São feitos reforços na sinalização, pintura na via, delimitação de espaço para conversões, faixas de pedestres, colocação de tachões refletivos e placas”, explica Weldon.

 

Ele ressalta que a Strans tem atuado também para fazer a correção geométrica de vias e construção de novas avenidas, considerando o crescimento da cidade. “Podemos dizer que Teresina é bem sinalizada e temos trabalhado também na parte educativa para que condutores de veículos, motociclistas, ciclistas e pedestres contribuam para deixar o trânsito mais seguro, obedecendo a legislação”.

Strans atende com serviço de agentes de trânsito pelos fones 118 e 3122 7617

 

As pessoas que tiverem necessidade de atendimentos relacionados ao trânsito em Teresina  podem telefonar para os fones 118 ou 3122 7617 e solicitar os serviços de agentes de trânsito das 6h às 23h, todos os dias da semana incluindo feriados e finais de semana.

 

O atendimento é coordenado pela Diretoria de Operação e Fiscalização de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Dênis Lima, gerente de Operações e fiscalização da Strans, informa que as pessoas podem telefonar para relatar casos de problemas nos semáforos, acidentes de trânsito, uso indevido  de estacionamento entre outros problemas de trânsito. “A central recebe dezenas de ligações diariamente e os agentes se deslocam até onde existe a ocorrência. Ao telefonar a pessoa necessita informar dados corretos para que o atendimento seja mais ágil”, relata.

 

O gerente esclarece que o serviço que antes era 24h teve supressão do turno da madrugada nesse período da pandemia. Ele informa que em casos de caso de urgência, a pessoa deve ligar para a Polícia Militar para o número 190.

Transporte Eficiente funcionará em horário especial durante o Natal

Foto: Arquivo Ascom Strans

O transporte eficiente da capital funcionará em horário especial durante a véspera e feriado de Natal. Nos dias 24 e 25 de dezembro, o serviço será disponibilizado das 8h às 22h. Em dias úteis, a operação acontece das 6h às 23h. Os agendamentos devem ser feitos até às 17h30 desta quarta-feira (23), através dos números 3122-7618, 0800 086 3122 Opção 2 e (86) 98121-8325.

“Mesmo com a baixa demanda, continuaremos disponibilizando o serviço nos dias 24 e 25 de dezembro. Entendemos que o transporte eficiente é um serviço essencial e adotaremos o procedimento dos anos anteriores, com horário reduzido”, explica a gerente do transporte eficiente da Strans, Luane Nascimento.

Programa Transporte Eficiente

O serviço é coordenado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e cerca de duas mil pessoas estão cadastradas no programa, com o funcionamento de 17 micro-ônibus, atendendo deficientes físicos em deslocamentos pela cidade. O veículo vai até o local onde usuário está e o conduz ao seu destino.

Teresina terá frota de ônibus semelhante aos domingos nos feriados de final de ano

O sistema de transporte coletivo de Teresina vai operar durante os feriados de final de ano com frota semelhante aos domingos. Nos dias 24 e 31, vésperas de Natal e Ano Novo, o sistema opera como em um dia útil, com frota normal. O procedimento é similar ao que vinha sendo adotado em anos anteriores pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

O diretor de transportes públicos do órgão, Adriano Barreto, reforça que, mesmo com a baixa demanda de passageiros, o serviço continuará sendo disponibilizado. “Apesar da capital ficar bastante esvaziada durante os feriados, entendemos que esse é um serviço essencial e de suma importância para a população. Portanto, o sistema seguirá operando”, garante o diretor.

Atualmente, Teresina opera em dias úteis com uma frota especial para o período de pandemia. Conforme a última ordem de serviço, são 240 ônibus que atendem a uma demanda de 50 mil passageiros por dia. Antes da pandemia, eram 400 ônibus para atender cerca de 220 mil usuários diariamente.

PMT triplicou frota do Transporte Eficiente para beneficiar pessoas com mobilidade reduzida

 

A auxiliar de biblioteca, Odete Ribeiro, que teve paralisia infantil com um ano de idade e ficou sem o movimento das pernas, poderia não estar no seu segundo curso superior se não fosse o programa Transporte Eficiente. A ação é uma iniciativa mantida pela Prefeitura de Teresina e atende pessoas com mobilidade reduzida. Nos últimos dez anos, a frota foi triplicada e atualmente conta com 17 veículos adaptados com elevadores mecânicos, equipamentos de segurança para cadeiras de rodas e espaço adequado para acompanhantes.

Em fevereiro deste ano, o prefeito Firmino Filho fez a entrega de 4 novos veículos, aumentando a capacidade de atendimento de 160 para 200 usuários por dia. Atualmente são 1.400 pessoas com dificuldade de mobilidade cadastradas no programa Transporte Eficiente para uso dos veículos nos deslocamentos para atividades variadas.

“Como os veículos nos pegam onde estamos e nos levam ao nosso destino, consegui realizar meu sonho de fazer um curso superior em Recursos Humanos e já estou cursando Serviço Social”, conta Odete, que mora no bairro Satélite.

Ela também utiliza esse tipo de transporte para todos os deslocamentos em Teresina como ir a consultas médicas, ao comércio no centro e para participar de atividades de lazer. “Esse serviço dá mais autonomia ao cadeirante. Antes da pandemia da Covid-19, utilizava todos os dias para ir a faculdade e já não necessitava de agendamento”, relata.

O programa funciona com o agendamento pelo telefone 0800 086 3122, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h com antecipação na sexta-feira das solicitações para o final de semana. O veículo vai até o local onde o usuário está e o conduz ao seu destino.

O atendimento somente em novembro deste ano foi com 2.152 agendamentos. Antes da pandemia da Covid-19 esse número era cerca de 3 mil e, no período de mais restrições, o sistema funcionou apenas para os usuários realizarem deslocarem para atividades essenciais.

“Entendemos as dificuldades de locomoção das pessoas com deficiência e esse serviço é um diferencial porque vai aonde está a pessoa com dificuldade de mobilidade para realizar atividades importantes como ir ao médico, estudar ou até atividade de lazer”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

Weldon Bandeira, gestor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), destaca que tem aumentado a quantidade de pessoas atendidas devido ao crescente número de acidentes de trânsito que deixam sequelas nas vítimas. “No ano passado, investimos R$ 3,3 milhões no serviço e a previsão é fechar 2020 aplicando R$ 4 milhões”, informou.

Strans integra Operação Rodovida a partir desta sexta-feira (18)

Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vão integrar as ações da Operação Rodovida a partir desta sexta-feira (18). A fiscalização é uma iniciativa da Polícia Rodoviária Federal no Piauí e tem o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito e a criminalidade nas rodovias federais durante o período de festividades do final de ano.

Nesta edição, as equipes de fiscalização da Strans vão colaborar com o projeto acompanhando seis operações até o dia 21 de janeiro. As abordagens acontecerão em avenidas movimentadas da capital em diferentes dias da semana. “Vamos trabalhar junto aos órgãos de trânsito federais e estaduais para promover um final de ano mais seguro para todos. Nosso objetivo não é só fiscalizar, mas também orientar”, enfatiza o diretor de operação e fiscalização da Strans, Jaime Oliveira.

A Operação Rodovida é realizada em parceria com estados, municípios, ministérios e também com o Departamento Nacional de Trânsito. O foco das abordagens é definido pela PRF e pode variar entre a verificação do cinto de segurança, uso de capacete pelos motociclistas, habilitações dos condutores, documentação dos veículos, ou fiscalização de transporte clandestino.

A abertura da Operação acontece nesta sexta-feira (18), a partir das 7h, na sede da PRF.

Plano Diretor retoma pesquisas domiciliares sobre mobilidade urbana em Teresina

As pesquisas domiciliares do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável (PDMUS) foram retomadas para levantamento sobre a mobilidade urbana de Teresina e devem ser concluídas até a próxima sexta-feira (18). As abordagens estão sendo realizadas na zona Leste por pesquisadores fardados com boné, camiseta, crachá e todos os itens de segurança necessários. Até o momento, foram visitados 10.515 domicílios das demais zonas da cidade.

O assessor técnico da Strans, Ricardo Freitas, solicita que a população participe e colabore com a pesquisa, que tem o objetivo de melhorar na locomoção, infraestrutura e transportes da capital. “Nossas pesquisas de campo estão sendo retomadas gradativamente, seguindo todos os protocolos de segurança. Solicitamos que a população receba os pesquisadores e faça a sua parte para a elaboração do Plano. Assim teremos dados reais das necessidades dos teresinenses no que diz respeito à mobilidade urbana”, reforça.

Para proporcionar mais segurança aos domicílios visitados, a população pode entrar em contato com a Ouvidoria da Strans para identificar o pesquisador no momento da visita, através dos números 0800 086 3122 e (86) 3122-7600.

Sobre o PDMUS

No Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS) irão constar os objetivos, metas e ações a curto, médio e longo prazo para até 20 anos e serão incluídos alguns aspectos relativos às cidades que compõem a grande Teresina. O plano deve ser transformado em Lei aprovada pela Câmara de Vereadores.

O PDMUS vai priorizar o melhor aproveitamento das vias, redução de emissão de poluentes, de consumo de combustível e a otimização do sistema de transportes e trânsito.

Prefeitura assina acordo com PRF para melhorar segurança viária e enfrentamento da violência em Teresina

Foto: Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho assinou, nesta terça-feira (15), um acordo de cooperação técnica entre a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e Polícia Rodoviária Federal no Estado do Piauí. A parceria tem o objetivo de melhorar a segurança viária e enfrentamento da violência em Teresina através do compartilhamento de dados e tecnologias.

“Essa parceria permite que a gente possa dividir uma plataforma com a PRF e compartilhar o um conjunto de informações que melhorarão as condições de segurança, tráfego e mobilidade na nossa cidade“, declarou o prefeito Firmino Filho.

O superintendente da PRF no Piauí, Stenio Pires, explica que a troca de informações será feita através da utilização das câmeras da Prefeitura e de rádio digital, o primeiro a ser instalado no Piauí. “É um trabalho vanguardista que estamos realizando junto à Prefeitura para oferecer um retorno muito maior à sociedade teresinense. Com o rádio digital teremos uma comunicação muito mais eficiente entre os órgãos e, numa situação de urgência, por exemplo, vai haver uma comunicação muito mais rápida e eficiente envolvendo a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Guarda  Municipal, Defesa Civil e o SAMU”.

De acordo com Weldon Bandeira, superintendente da Strans, o acordo permitirá aumento da percepção de segurança no município, ampliação das capacidades de flagrantes em tempo hábil para abordagem, rapidez na recuperação de veículos furtados e roubados, e fortalecimento das atividades de fiscalização de trânsito. “Em 2021, o serviço será ampliado com a conclusão do Centro de Comando e Controle Operacional (CCO), que contará com 479 câmeras instaladas pelas vias e corredores de ônibus da cidade”, destacou.

O sistema de rádio digital e a utilização de câmeras da Prefeitura de Teresina serão usados a partir de fevereiro. Equipes da PRF e Strans se reunirão nos meses de dezembro e janeiro para acertar os detalhes técnicos. O Acordo será vigente por sessenta meses, a partir da data de sua assinatura, passível de prorrogação futura.

Strans implanta faixas de pedestres para mais segurança no trânsito

Mais ruas e avenidas de Teresina estão recebendo obra de implantação e de manutenção de faixa de pedestres. Até o final do mês serão revitalizadas as sinalizações da rua Areolino de Abreu, próximo ao cruzamento com a rua Riachuelo, e na avenida Deputada Francisca Trindade. Além disso, serão implantadas faixas novas na avenida Professor Camilo Filho, Portal da Alegria e rua João Virgílio.

“Esse tipo de sinalização é necessário para uma convivência mais harmônica no trânsito e está previsto na legislação. Também recebem o nome de área de segurança por serem um espaço realmente mais seguro para a travessia do pedestre, que sempre deve sinalizar com a mão quando vai atravessar”, orienta o engenheiro da Strans Cássio Edler.

Ele explica que o trabalho é necessário porque, com o tempo, há um desgaste da pintura, que requer manutenção. Em algumas vias é feita a implantação devido ao aumento de fluxo de veículos.

A revitalização de faixas já aconteceu na rua Barroso, avenida Zequinha Freire, no Mocambinho, rua Minas Gerais, rua Santa Maria Gorete, avenida José dos Santos e Silva, rua Magalhães Filho, avenida Perimetral em frente a Unidade Escolar Professora Mercedes Costa, rua Pedro Valetim, rua Maria de Lourdes Nascimento e rua Anchieta com rua Gibraltar, sendo nessa também executada obra de vaga especial para deficientes.

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o pedestre tem sempre prioridade sobre os demais usuários da via. Além disso, o art. 214 define como infração de trânsito gravíssima, sujeita à penalidade de multa, deixar de dar preferência ao pedestre que estiver atravessando a pista na faixa a ele destinada.

Ações de educação promovidas pela Strans reduziram acidentes fatais de trânsito em Teresina

 

(Foto: Arquivo Strans)

As ações de educação no trânsito realizadas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) nos últimos dois anos colaboraram para a redução no número de acidentes fatais em Teresina. Dados do Programa Vida no Trânsito já apontavam nos dois últimos trimestres de 2019 reduções de 18,5% no número de vítimas fatais em acidentes com motociclistas, 100% com ciclistas e 50% com condutores de automóveis. Nesse período, cerca de 27 mil pessoas participaram de projetos de educação no trânsito promovidos pela Strans.

“Além de despertarmos a consciência de crianças e jovens, levamos também educação no trânsito para adultos que trabalham em empresas por meio de palestras do Projeto Stransformando. É importante destacar que grande parte desses trabalhadores têm como meio de locomoção a motocicleta e a bicicleta, e mesmo que os acidentes ainda aconteçam, ter uma redução na gravidade aponta que os condutores estão mais atentos e protegidos”, destaca a gerente de educação no trânsito, Samyra Motta.

De janeiro de 2019 a março de 2020, foram atendidas pelos projetos Escolinha de Trânsito 7.973 crianças e no Projeto Stransformando 9.137 adultos. Já em ações do Maio Amarelo, Semana Nacional do Trânsito, e Blitzen Educativa, 9.172 condutores da capital foram abordados.

Além disso, no ano de 2019 o Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito obteve 710 inscritos, estimulando crianças, jovens, educadores, profissionais de comunicação, escolas, empresas e ONGs a refletirem sobre comportamentos dos usuários no trânsito. Em 2020, a premiação não foi realizada devido à pandemia da Covid-19.