Strans expediu mais de 4 mil cartões de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) expediu, de janeiro a outubro deste ano, 4.201 cartões de estacionamento. Foram 3.334 para vaga especial de idoso e 867 para vaga de pessoa com deficiência. A Strans inovou com a digitalização de expedição do cartão e não é mais necessário a ficha de inscrição.

Quem tem direito a esse benefício deve comparecer à sede da Strans, das 7h30 às 12h30, com originais da carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço.

Já a pessoa com deficiência que deseja retirar o cartão pela primeira vez, precisa se cadastrar junto ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua casa, com a cópia da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e o laudo do médico com o Código de Identificação da Doença (CID). Com esses documentos, a pessoa deve se dirigir à sede da Strans.

De acordo com o chefe do setor de Monitoramento da Superintendência, Danilo Araújo, com o novo sistema não há necessidade de preencher requerimento para solicitar o cartão para vaga especial tanto para idoso como para pessoas com deficiência, por isso ficou menos burocrático. “Avançamos muito na expedição do cartão, antes a gente entregava com cinco dias, mas agora já entregamos no momento da solicitação”, acrescenta.

As pessoas idosas e com deficiência ou com dificuldades de locomoção têm direito a estacionar nas vagas especiais nas vias públicas, em estabelecimentos públicos ou privados e de uso coletivo (art.24, VI Código de Trânsito Brasileiro), nos shoppings e estabelecimentos comerciais. Entretanto essas vagas só podem ser usadas mediante o uso do cartão de estacionamento para vaga especial, no painel do veículo, em local visível. O cartão é emitido gratuitamente pela Strans.

O cartão de estacionamento especial para idoso e pessoa com deficiência foi elaborado em conformidade com as Leis Federais de Nº 9503/1997 e 10.741/2003 e a Lei Municipal Nº 3.488/2006, por esse motivo o cartão é válido em todo o território nacional.

Para o funcionário público estadual Antônio Ferreira Castelo Branco, 68 anos, o cartão de estacionamento para vaga especial é muito importante para facilitar a vida dos idosos. “Vim à Strans para renovar o meu cartão, pois sempre que vou aos shoppings ou aos supermercados utilizo essas vagas especiais e o cartão me garante esse espaço”, disse.

Ao chegar na Strans, Antônio ficou surpreso com a agilidade no atendimento. “Quando eu tirei o primeiro cartão, esperei cinco dias para receber, mas agora recebi o documento na mesma hora e nem precisei trazer cópias dos documentos. Estão todos de parabéns pela agilidade”, acrescenta.

Corredor de ônibus da Rui Barbosa terá vagas de estacionamento

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) incluiu 22 vagas de estacionamento de veículos no projeto do corredor de ônibus Norte I da Rua Rui Barbosa, zona norte. A obra já está em andamento e faz parte do Sistema de Integração (Inthegra).

As vagas ficam localizadas em frente ao Residencial Zilda Arns e o serviço já está em fase de concretagem. A engenheira da Strans, Adélia de Melo, explica o porquê de haver necessidade de fazer a inclusão desse espaço para os outros veículos.

“Nesse corredor da Rua Rui Barbosa foi possível incluir 22 vagas, das quais duas são destinadas para idoso e deficiente”, diz. A engenheira acrescenta que em outros pontos ao longo do corredor o estacionamento será feito em vias perpendiculares, como já acontece nos demais.

Strans reforça sinalização de velocidade nas vias da cidade

Para melhor orientar os condutores de veículos quanto aos limites de velocidade, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está fazendo um reforço na sinalização horizontal das vias públicas que têm radar. A medida está sendo feita com a pintura do limite permitido no asfalto da via.

O gerente de Engenharia de Tráfego da Strans, José Lopes, enfatiza que as ações pretendem alertar os motoristas para a importância do respeito à velocidade permitida. “Todas as ruas e avenidas com radares de velocidade já têm sinalização vertical, mas estamos reforçando a horizontal nas proximidades dos aparelhos para que não haja dúvida sobre os limites aceitos em cada uma”, enfatiza.

Lopes informa que o trabalho foi iniciado pela zona sul, sendo seguido da sudeste e depois leste, finalizando com a zona norte. “Estamos fazendo esse trabalho por área e em poucos dias será concluído em todas as zonas da cidade”, afirma.

Strans reduz frota de ônibus no Dia de Finados

Por conta do feriado do Dia de Finados, neste sábado (2), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) fará uma redução de 50% da frota de ônibus que circula na cidade, permanecendo em funcionamento apenas a que corresponde aos dias de domingo.

De acordo com o Gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, a redução sempre ocorre. “Como sempre há um menor número de usuários do transporte público nos feriados e finais de semana, diminuímos a frota pelos dois motivos neste Dia de Finados”, explica.

Denilson alerta para que, na ocasião, as pessoas observem os painéis da Operação Hora Certa com os horários das partidas, que devem também ser respeitados pelas empresas de ônibus. “Todos devem se organizar para evitar maiores transtornos. Essa redução faz parte do nosso trabalho e os consórcios que não respeitarem as ordens de serviço serão notificados”, acrescenta.

Inicia nesta terça-feira pesquisa domiciliar do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Teresina

Nesta terça-feira, 22, tem início em Teresina a pesquisa de destino domiciliar junto à população da cidade. Esse estudo é uma das etapas da elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável (PDMUS) da capital, que está sendo iniciado este mês.

O objetivo da pesquisa é mapear o comportamento das pessoas com relação aos seus deslocamentos pela cidade. O coordenador da pesquisa, Helder Paixão, explica que os entrevistados estarão devidamente identificados e uniformizados quando se apresentarem nas residências.

“Os pesquisadores usarão, boné, camiseta, crachá e anotarão os dados em um tablet. É importante que as pessoas os recebam em suas casas e respondam o questionário, pois assim teremos dados reais do comportamento e das necessidades da população”, diz. Ele informa que nesta segunda (21) um grupo de pesquisadores está realizando pesquisa piloto, no bairro Marquês, zona Norte.

Outra medida voltada para proporcionar mais segurança à população é que a Ouvidoria da Strans também pode ser acionada pelo fone 0800 086 3122 opção 1. Também tem o fone 3122 7600. A pesquisa será realizada em todos os bairros de Teresina e terá duração de um mês. Um segundo levantamento também será realizado em março.

O assessor técnico da Strans, Ricardo Freitas, informa que os dados da pesquisa são muito importantes para a identificação das necessidades da população. “As pessoas serão perguntadas sobre os transportes que elas utilizam, qual a finalidade, se não utilizam quais são as razões, enfim teremos um mapeamento completo”, ressalta. Ele esclarece que a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Teresina vai apontar soluções que incluem o melhor uso das vias e a sustentabilidade nas questões ambientais, sociais e econômicas.

Estações de ônibus são limpas e vistoriadas periodicamente

Para o bem-estar daqueles que dependem do transporte coletivo em Teresina, a Prefeitura Municipal mantém constante o trabalho de limpeza nas 54 estações de embarque e desembarque de passageiros. A ação, que é feita periodicamente, é coordenada pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) em parceria com as Superintendências de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) e as de Desenvolvimento Urbano (SDUs) Sudeste, Sul e Leste.

As estações estão localizadas nos Corredores Sul I (Avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho), Sul II (Avenidas Miguel Rosa e Prefeito Wall Ferraz), Corredor Sudeste (Avenida Gil Martins) e Corredor Leste (Avenidas João XXIII e Presidente Kennedy). Todo o sistema faz parte do Inthegra, que ainda está sendo implantado em Teresina.

O diretor de Transportes Públicos da Strans, Adriano Barreto, informa que a limpeza dos espaços é realizada conforme o cronograma de serviços. “As equipes estão fazendo esse trabalho diariamente e com isso garantimos melhor conforto para os usuários”, diz.

O diretor reforça que as equipes também fazem a manutenção, com rondas diárias para verificar algum dano nas instalações. “Estamos fazendo o monitoramento diário e todas as vezes que identificamos algum dano imediatamente fazemos a reposição. É importante frisar que esse patrimônio é nosso, é da cidade de Teresina. Cabe a todos nós protegê-lo”, acrescenta.

A dona de casa Maria do Socorro Alcântara, que utiliza as estações da Avenida Barão de Gurgueia, disse que o local está sempre muito limpo. “Percebemos que com as novas equipes de limpeza as estações estão sempre brilhando”, enfatiza.

As pessoas que identificarem algum tipo de problema no funcionamento das estações de embarque e desembarque devem entrar em contato com a Strans através da ouvidoria pelo fone 08000863122, no aplicativo Colab ou no wattsapp 9 9460-2486.

Strans revitaliza sinalização de altura em viadutos, passarelas e estações nas BRs

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) colocou 42 placas de sinalização de altura em viadutos, passarelas e estações de embarque e desembarque de passageiros localizadas nas BRs.

A equipe de sinalização da Strans fez, inicialmente, a medição de todos os locais abordados para informar a altura de cada ponto. Com o aviso, os motoristas dos veículos de grande porte terão mais segurança para trafegar. As placas especificam altura máxima de 13,2m e mínima de 3,8mcm. Muitos locais já tinham a informação e outros receberam somente nessa ação da Superintendência.

O gerente de Engenharia de Tráfego da Strans, José Lopes, especifica que a medida garante mais segurança aos condutores de veículos de grande porte. “Reforçamos o trabalho de sinalização para que os veículos muito altos tenham segurança ao passar nesses lugares. Fizemos a medição de todos os pontos que estavam precisando de sinalização de altura, já colocamos as novas placas e certamente vai contribuir para reduzir acidentes”, diz.

As vias beneficiadas foram a Avenida Henry Wall de Carvalho (em frente à Ceasa), Avenida Barão de Castelo Branco (próximo ao Cefap), Avenida Frei Serafim com Marechal Castelo Branco, Ponte da Primavera, Avenida Marechal Castelo Branco (próximo à Ponte Estaiada), Ponte JK, Avenida Miguel Rosa com Avenida Getúlio Vargas, Avenida Miguel Rosa com Rua João Cabral, Avenida Raul Lopes (Ponte Estaiada), Rua Goiás (passagem do trem), Rua Tibério Nunes (passagem do trem), cruzamentos da Avenida Maranhão com as ruas Areolino de Abreu, Lizando Nogueira e Avenida Campos Sales,  Avenida Maranhão (próximo à Ponte Nova) e Shopping da Cidade.

Foram sinalizadas também as estações de embarque e desembarque da Avenida Prefeito Wall Ferraz e nos cruzamentos da Avenida Prefeito Wall Ferraz com as Ruas Irmã Alzira e Ivan Tito.

Seção de acidentes da Strans registrou 450 ocorrências de trânsito em três meses

No período de julho a setembro deste ano a Seção de Acidentes de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) registrou um total de 450 ocorrências de trânsito, sendo 132 no mês de julho, 156 em agosto e 162 no mês de setembro, entretanto, desse total em torno de 270 solicitaram o laudo do acidente.

O órgão informa que as pessoas que se envolverem em acidentes de trânsito devem entrar em contato com a Seção através do telefone (86) 3122-7617. Depois disso, os agentes de trânsito se deslocam até o local e fazem o boletim de ocorrência e, quando necessário, emitem o laudo.

O diretor de Operações de Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, informa que com a presença da equipe de agentes no local do acidente é feito o Boletim de Registro de Ocorrência de Trânsito (BRAT). Com esse documento, caso a pessoa queria que seja feito o laudo, deve procurar o protocolo da Strans para solicitar o documento, que é entregue aos envolvidos no prazo de 10 a 15 dias. “Em alguns casos os envolvidos na colisão entram em acordo e não há necessidade do laudo da ocorrência”, explica.

O diretor reforça ainda que o serviço funciona no horário das 6h às 23h. “Contatamos a empresa de telefonia local para, em breve, disponibilizar um número de telefone com três dígitos, para que todos memorizem facilmente”, informa.

O serviço continua sendo realizado também pela Companhia Independente de Trânsito (CIPTran), das 23h às 6h, através do telefone 190. Nas rodovias estaduais é feito pelo Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) e nas rodovias federais pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Strans conclui pintura termoplástica em avenidas e ruas

Foi concluída a pintura denominada termoplástica em 34 vias públicas e nos oito terminais de integração de Teresina. A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) realizou 57km de pintura em linhas divisórias e em 1.000m2 de faixas de pedestres. A tinta termoplástica tem como diferencial mais durabilidade e visibilidade.

“Foram revitalizadas várias vias da cidade com essa pintura de alta qualidade e resistência. A sinalização fica mais viva e gera mais segurança para os condutores”, informa o diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão.

Falcão ressalta que, além das linhas divisórias nas ruas, foi feita a revitalização de faixas de pedestres com o mesmo material nos terminais de integração, em frente aos shoppings e a igrejas. “Fizemos o possível para levar essa nova sinalização para as vias de maior movimento de pessoas e veículos em vários pontos da cidade”, reforça.

A sinalização termoplástica foi feita nas seguintes ruas: Félix Pacheco, São Pedro, Olavo Bilac, 24 de Janeiro, Antônio Gomes Chaves, Dr. Luis Pires Chaves, Coelho de Resende, Desembargador Pires de Castro, Rui Barbosa, Gilbraltar e nas avenidas Raul Lopes, Marechal Castelo Branco, Higino Cunha, José Francisco de Almeida Neto, Dom Severino, Barão de Castelo Branco, Visconde da Parnaíba, Henry Wall de Carvalho, Vilmary, Deputado Ulisses Guimarães, Jóquei Clube, Nossa Senhora de Fátima, Joaquim Ribeiro, Ipês, Industrial Gil Martins, Expedicionários, Barão de Gurgueia, Miguel Rosa e alças da Ponte Estaiada.

Projeto De Pais para Filhos será realizado o ano todo

A educação no trânsito é uma prioridade para a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Para contribuir com a formação de novos condutores e orientar os atuais, o projeto De pais para filhos será permanente. Todo dia, quatro escolas com grande fluxo de veículos em suas proximidades serão atendidas no início da manhã, ao meio dia e final da tarde.

Esse projeto é desenvolvido com a presença de agentes de trânsito orientando os condutores a agir corretamente, não estacionar em filas duplas, nas áreas específicas para deficientes e evitar congestionamentos.

Felinto Ferro, empresário e pai de uma estudante da educação infantil, obedece às normas e segue as dicas estacionando o carro alguns quarteirões antes do prédio da escola. “Sobre esse projeto de educação, eu acho importante a Strans se preocupar em orientar os pais. Essa ação fez com que o trânsito próximo à escola da minha família ficasse mais harmônico. Sem os agentes fica muito ruim. É preciso que os condutores se conscientizem sobre as leis para que o tráfego seja mais seguro para todos”, analisa.

A Gerente de Educação de Trânsito da Strans, Samyra Motta, relata que alguns diretores de escolas e pais de alunos avaliaram que a iniciativa foi favorável à educação nas vias. “Percebemos que é positiva a continuidade das ações dos agentes de orientar os condutores. Investir em educação é essencial para a melhoria da fluidez e segurança, permitindo, assim, o direito de ir e vir de todos”, relata a gerente.

O Gerente de Operações e Fiscalização da Strans, Denis Lima, também destaca que já percebe algumas mudanças. “Com o projeto de Pais para filhos já observamos que melhorou a passagem dos veículos perto das escolas. As maiores inconveniências continuam sendo o estacionamento em fila dupla, nos locais proibidos e sobre a faixa de pedestre”, informa.

Um dos agentes de trânsito envolvidos na ação, Raimundo Nonato, aponta as principais irregularidades cometidas pelos motoristas. “É o estacionamento em fila dupla, mas a gente está tentando já há um mês fazer esse trabalho educativo e observamos que houve progresso. Porém, ainda tem pais que ainda insistem em deixar péssimo exemplo para os filhos”, diz.

A campanha também tem sinalização vertical com placas contendo frases de impacto em algumas vias. O objetivo é estimular reflexões sobre atitudes que geram bons exemplos no trânsito para os futuros motoristas.