Estudantes de engenharia visitam estações na zona Sul

Com o objetivo de fazer uma visita técnica às obras  das estações de transbordo na Avenida Barão de Gurgueia, os alunos do curso de Engenharia Civil, do Centro de Ensino Universitário do Piauí (Ceupi), estiveram reunidos fazendo visita técnica ao canteiro de obras na zona Sul.
Para a professora Natássia Sales, essa visita muito importante para a aprendizagem do alunos. “Considero a visita das estações de transbordo muito importante para que eles comecem a conhecer como será o funcionamento desses mobiliários urbanos”, enfatizou.
Natássia explica ainda que a mesma turma já realizou uma visita ao terminais da zona Sudeste, quando ainda estavam em obras, e foi muito proveitosa a aula. “As mudanças no sistema de transporte público são muitas, com essa visita estamos também proporcionando para os nossos alunos uma oportunidade para eles conheceram e divulgarem como será o funcionamento desses corredores exclusivos para os ônibus”, disse.
De acordo com o Diretor Administrativo e Financeira da Strans e professor do curso de Engenharia Civil da Ceupi, Ricardo Freitas, esse tipo de aula é muito importante para a aprendizagem dos alunos. “Essa visita técnica é essencial para que eles tenham uma visão do que é realmente uma obra, por isso fizermos o maior esforço para que essa visita fosse realizada”, disse.
Freitas reforça ainda que a visita às estações de transbordo visa ainda mostrar como ficará o funcionamento do sistema de transporte público após a conclusão dessas obras. “Temos terminais em todas as zonas  da cidade e o objetivo é oferecer mais agilidade para o transporte público. Os corredores exclusivos para os ônibus também irão ajudar no funcionamento desse novo sistema e as estações de transbordo que estão sendo construídas ao longo dos corredores irão proporcionar mais conforto e segurança para os usuários do transportes públicos”, complementou.
Para a Diretora de Transportes Públicos da Strans, Cintia Machado, a visita foi muito proveitosa para todos. “Aproveitamos a oportunidade para explicar para os alunos como será o funcionamento das estações de transbordo. Estamos com as obras bem avançadas em todos os corredores  e a expectativa é que até o primeiro semestre de 2017 esteja tudo concluído”, enfatizou.
Cintia considera que o sistema de transportes públicos terá uma grande melhora a partir do momento que os corredores começarem a funcionar, pois dará mais agilidade para o ônibus e haverá uma bom redução do tempo de viagem. “A mudança é grande no sistema como um todo, assim avançamos para que a nossa cidade terá um transporte mais eficiente e rápido”, disse.
A estudante Jaraevans Silveira acredita que esse tipo de visita técnica é essencial para a formação do engenheiro. “Gostei muito de participar dessa visita técnica, pois assim estamos tendo a oportunidade de conhecer obras de mobilidade que vão mudar a realidade do serviço de transportes públicos da nossa cidade”, disse.
O estudante de engenharia civil, Marcos Rufino, que já está estagiando na obra, diz que a visita é muito importante para a aprendizagem. “Uma visita técnica dessa abre a visão do estudante de engenharia. Assistir às aulas é importante para a formação doe engenheiro, mas conhecer a parte prática da obra é essencial para o dia a dia de trabalho do profissional”, finalizou.

Normas que regulam fiscalização no transporte clandestino começam a valer

 

Começaram a valer no início do mês, após 30 dias da publicação no Diário Oficial do Município (DOM), as normas que regulam a fiscalização e o combate à atividade econômica que consiste no transporte clandestino e/ou irregular de passageiros no município de Teresina. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai intensificar a fiscalização a fim de coibir as irregularidades.

 

São considerados clandestinos o transporte municipal remunerado, em veículo particular ou de aluguel, sem que o prestador do serviço tenha a permissão do órgão responsável para a regularização do transporte. Os irregulares são aqueles que fazem parte do sistema, mas não seguem as regras. A fiscalização do serviço é de responsabilidade da Strans, que poderá fazer a remoção do veículo em caso de constatação do transporte irregular de passageiros.

 

De acordo com o diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, essas normas têm como objetivo coibir o transporte ilegal de passageiros e garantir a segurança dos usuários do serviço. “Na verdade, não tínhamos uma legislação que regularizasse a fiscalização dos transportes clandestinos de passageiros, por isso, muitas vezes, acontecia a reincidência dessas irregularidades, mas agora, com essas normas, a fiscalização e punição serão mais rígidas”, garante.

 

O diretor ressaltou ainda que, a partir de agora, uma vez identificado o transporte ilegal de passageiros, o veículo será apreendido e ainda será aplicada uma multa no valor equivalente a 200 ou 300 vezes o valor da tarifa do transporte público, dependendo do veículo que esteja realizando o serviço irregular. “Além da notificação, o condutor terá seu veículo apreendido por 15 dias e, em caso  de reincidência, o transporte ficará apreendido por seis meses. Acreditamos que com essas medidas estaremos reduzindo o transporte clandestino e garantido a segurança para os usuários do serviço”, finalizou Jaime.

 

Cartão de integração começa a ser vendido nos ônibus

 

Desde sábado (15), os passageiros do transporte público de Teresina podem adquirir os cartões de integração dentro dos próprios ônibus. A medida visa facilitar o acesso das pessoas ao cartão de integração, que também podem ser encontrados pontos de vendas do Setut e nos terminais de integração.
O gerente de Planejamento da Strans, Vinícius Rufino, explica que o período de adaptação do sistema, implantado há três meses, permitiu a utilização de bilhete, mas a partir de agora somente com o cartão será possível a integração. “As pessoas que não têm o cartão devem adquirir nos postos de vendas do Setut, mas para garantir que todos tenham acesso ao cartão também estamos vendendo dentro dos ônibus”, acrescentou.
A integração nos terminais do Itararé e Livramento passará a ser feita somente com o cartão eletrônico. Não será mais permitida a utilização do “bilhete de ocorrência”, uma alternativa para facilitar a integração no começo do funcionamento do novo sistema.
A cartão de integração poderá ser adquirido nas seguintes linhas: 100 ( Redonda/ Shooping), 505(Redonda-Dirceu I/João XXIII), 504 (Redonda-Alto da Ressurreição/João XXIII), 508(Parque Itarare- B. Esperança/São João), 509 (Parque Jurema-Shopping/São João), 510 (Parque Jurema-Dirceu II/João XXIII), 517 (Parque Itarare-Shopping/São João),601(Redonda-Dirceu I/Miguel Rosa),603 (Parque Jurema-Dirceu II/Miguel Rosa), 611 (Alto da Ressurreição/Ponte Wall Ferraz) 710 (Alto da Ressurreição-Redonda/Barão) e 703 (Parque Jurema-Dirceu II/Barão).
Vinícius Rufino reforça que muitos usuários do transporte público já possuem o cartão e já utilizam a integração normalmente. “Somente as pessoas que ainda não adquiriram o cartão devem comprá-lo agora, pois passada a fase de adaptação, o usuário somente poderá ter acesso à integração com o cartão”, finalizou.

Integração começa a funcionar somente com cartão neste sábado

 

 A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informa que, desde sábado (15), a integração nos terminais de integração do Dirceu e do Livramento será feita somente com o cartão eletrônico. Não será mais permitida a utilização do “bilhete de ocorrência”, uma alternativa para facilitar a integração no começo do funcionamento do novo sistema.
O gerente de Planejamento da Strans, Vinícius Rufino, explica que o período de adaptação do sistema, implantado há três meses, permitiu a utilização de bilhete, mas a partir de agora somente com o cartão será possível a integração. “Fizemos a utilização desse bilhete para que as pessoas se acostumassem com o novo sistema, mas agora os usuários já entenderam como é o funcionamentos dos terminais. Chegou o momento de retirar o uso desse bilhete”, explicou.
Rufino ressalta que, ao longo desses três meses de funcionamento dos terminais da zona Sudeste, muitos ajustes foram realizados no sistema a fim de que ele funcione da melhor maneira possível. “Foram realizadas muitas adequações e agora estamos retirando a utilização dos bilhetes para garantir um melhor funcionamento e mais segurança para os usuários da integração”, acrescentou.
O gerente explica ainda que as pessoas que ainda não têm o cartão, seja ele do estudante, do trabalhador ou o expresso deve adquiri-lo o mais rápido possível, pois somente assim poderão utilizar os benefícios do sistema de integração. “As pessoas podem adquirir o cartão nos pontos de venda do Setut ou nos terminais de integração”, ressaltou.

Strans disponibiliza cartão de integração para venda nos ônibus e nos terminais

Com a inauguração dos Terminais do Itararé e do Livramento, na zona Sudeste, começou a funcionar neste final  de semana a nova integração de Teresina. Nesta fase de implantação os moradores dos Bairros Alto da Ressurreição, Redonda e Parque Jurema poderão fazer a integração nos terminais.

Durante todo o final de semana os fiscais do transporte público e as equipes do “Posso Ajudar” estão nos dois terminais e nas estações de transbordo que ficam nas praças, no centro da cidade, para esclarecer as dúvidas dos usuários. Além disso, a partir da próxima segunda-feira a Strans estará disponibilizando o número de telefone 3122-7625, nos turnos manhã e tarde, para que as pessoas possam ligar e tirar suas dúvidas sobre a integração.

De acordo com a Diretora de Transportes Públicos da Strans, Cintia Machado, o ponto mais importante dessa fase de implantação é alerta as pessoas para que adquiram os cartões de vale transporte, pois a integração somente poderá ser feito com o s cartões. “Estamos disponibilizando as vendas dos cartões no ônibus no valor de R$ 10,00, mas vale lembrar que esse cartão já vem com duas passagens, após a utilização delas, o usuário poderá fazer a recargas nos pontos credenciados”, enfatizou.

A diretora explica ainda que está sendo organizada uma estrutura para que a venda e a recarga do cartão possa ser realizada também os terminais. “Estamos viabilizando essa venda nos terminais, mas vale ressaltar que  já existem pontos de vendas credenciados em todos ao bairros da cidade”, acrescentou.

As linhas que partem dos bairros com destino aos terminais são denominadas de alimentadoras, já as que saem dos terminais para o centro são denominadas de troncais. Do Bairro Alto da Ressurreição (linhas alimentadoras) com destino ao Terminal do Livramento saíram as linhas 508 ( Alto da Ressurreição/Parque Itararé/ João XXIII),  517 (Alto da Ressurreição/Parque Itararé/ Shopping)  e 611 (Alto da Ressurreição/Ponte Wall Ferraz) e a linha 710 (Alto da Ressurreição/Redonda/Barão de Gurgueia)  irá para o Terminal do Itararé.

A mesma dinâmica vai acontecer no Bairro Redonda de onde partiram as linhas 100 (Redonda/Shopping) e 505 (Redonda / João XXIII) com destino do Terminal do Livramento e a linha alimentadora 601 (Redonda/ Miguel Rosa) com destino ao Terminal do Itararé.

Os moradores do Parque Jurema, que costuma utilizar as linhas 509 (Parque Jurema/Shopping) e 510 (Parque Jurema/ João XXIII) irão se encaminhar para o Terminal do Livramento e as linhas 603 (Parque Jurema/ Miguel Rosa) e 703 (Parque Jurema/Barão de Gurgueia) para o terminal do Itararé.

Quando as linhas alimentadoras chegarem no terminal do Livramento sairão as seguintes linhas troncais com destino ao centro, Livramento via João XXIII,  Livramento via Shopping/ São João e Livramento via Ponte Wall Ferraz, já do Terminal do Itararé sairão as linhas troncais com destino do centro Itararé via Barão de Gurgueia e  Itararé via Miguel  Rosa. Com isso a expectativa é que haja uma redução de tempo de viagem e uma maior agilidade no serviço.

Confira lista dos pontos credenciados:

RELAÇÃO DOS POSTOS CREDENCIADOS PARA VENDA DE PASSES

ZONA SUDESTE

Ø  Dirceu Arcoverde

DROGARIA MELO – Quadra 06, Casa 20 – Conjunto Boa Esperança. Ponto de Referencia: Av.

Joaquim Nelson, Próximo ao Teatro João Paulo II – (86) 3236-6798.

GETULIO DOMICILIANO – Rua Gabriel Soares 2636 – Bairro Beira Rio, Dirceu I.

DROGASSILVA – Quadra 46, Casa 01 "A" – Renascença II. Fone: (86) 3234-6707 – Ponto de

Referencia: Próximo ao Mercado do Renascença II.

FARMÁCIA POPULAR – Avenida Jose Francisco de Almeida Neto, Quadra 33, Casa 01/A. Ponto de

Referencia: Ao lado do Banco do Brasil.

DROGARIA NOSSA SENHORA DOS MILAGRES – Conjunto Dirceu I, Quadra 58, Casa 10/A. Ponto de

Referencia: Próximo ao 8º Distrito Policial.

ZONA CENTRO

Ø  Centro

ALYNE PIEROT – Rua Barroso 1744 – Centro. Próximo ao Liceu Piauiense.

PAPELARIA POTENCIAL – Rua 7 de Setembro, 189 Centro/Norte. Ponto de Referencia: Em frente à

Praça João Luís – (86) 3223-2226.

BATE CÓPIAS CENTRO – Rua David Caldas, 60, Centro. Ponto de Referencia: Próximo ao Banco do

Brasil.

H & J LIVROS – Rua 24 DE Janeiro, 147, Centro. Próximo a Igreja São Benedito.

SVR SATURNINO – Rua Felix Pacheco S/N – Centro. Ao Lado do Comercial Barroso.

CLUB MAIS MATRIZ – Rua Senador Teodoro Pacheco, 19ª, Centro.

L R COELHO – FREI SERAFIM – Avenida Frei Serafim, Lanchonete O Gaspar. Ponto de Referencia:

Próximo ao Colégio das Irmãs, em frente ao Metropolitan Hotel.

Ø  Cabral

BATE CÓPIAS ESPAÇO CIDADÃO – SHOPPING RIO POTY

ZONA SUL

Ø  Monte Castelo

FARMÁCIA DO POVO – Rua Antonio Cavour de Miranda, 378, sala 02. (86) 3221-1741.

Ø  São Pedro

STUDENT CARD – Avenida Valter Alencar, 706, sala 02. Ponto de Referencia: Próximo à Faculdade

Santo Agostinho.

Ø  Promorar

A 4 PAPELARIA – Conjunto Raimundo Portela, 39, Casa A1, Lote 1. Próximo a Drogaria Barbosa

Ø  Parque Piauí

DROGARIA SÃO PEDRO – Quadra 36, Casa 14, Parque Piauí. Ponto de Referencia: Em frente ao

Mercado – (86) 3227-4689

Ø  Bela Vista I

DROGARIA SÃO PEDRO – Quadra 08, Casa 11, Bela Vista I. Ponto de Referencia: Próximo ao Colégio

Magister – (86) 3220-7602

Ø  Porto Alegre

E R COSTA – Avenida Ayrton Senna, S/N. Próximo ao Comercial Ferreira.

Ø  Morada Nova

ARMARINHO E VARIEDADES SANTA RITA – Quadra 13, bloco 01, Apartamento 101 – Morada Nova I.

Ponto de Referencia: Próximo à Delegacia – (86) 3220-6802

ZONA NORTE

Ø  Mocambinho

DROGARIA SÃO LUÍS – Avenida Freitas Neto, 4499, Loteamento Mocambinho. Ponto de Referencia:

Próximo ao Hospital do Mocambinho – (86) 3223-4851.

Ø  Mafuá

PAPELARIA IDÉIA DA MAMÃE – Rua Manoel Domingues, 1708. (86)3223-4851.

Ø  Pirajá

COMERCIAL SAMPAIO NERY – Rua João Cabral, 1990, Pirajá. Em frente a UESPI.

Ø  Poti Velho

COMERCIAL NOSSA SENHORA DO AMPARO – Rua João Isidoro França, 6557, Poti Velho. Ponto de

Referencia: Próximo a Ponte da Santa Maria da Codipi – (86)3214-3026.

Ø  Santa Maria

SANTANET – Rua Tenente Araújo, 2369, Santa Maria das Vassouras. Ponto de Referencia: Próximo

à Praça e à Igreja Católica.

ZONA LESTE

Ø  Planalto Uruguai

PAPELARIA IDEAL – Quadra 22, Casa 01, Conjunto Planalto Uruguai. Ponto de Referencia: Em

Frente ao Colégio Valter Alencar – (86)3235-2343

UNINOVAFAPI – Rua Vitorino Ortighes Fernandes, 6123, Sala Xerox.

Ø  Ininga

UFPI – LR COELHO. Ponto de Referencia: Próximo ao RU II – Biblioteca Central

SHOPPING RIVERSIDE – Avenida Ininga, 1201, Quiosque Q-3

Ø  Vale Quem Tem

LULU PAPELARIA – Avenida Zequinha Freire, 4292.

Ø  Jockey Clube

BATE CÓPIAS – Avenida Nossa Senhora de Fátima, 597. Ponto de Referencia: Próximo à Margarida –

(86) 3234-1623

BATE CÓPIAS – Avenida Homero Castelo Branco, 310. Ponto de Referencia: Próximo á Boate Super

8 – (86) 3233-5891

Ø  Fátima

BATE CÓPIAS – Rua Governador Joca Pires, 1051. Ponto de Referencia: Próximo á Aespi – (86)3234-

4164

 

Strans reforça trabalho informativo sobre integração

 

Com a inauguração de dois terminais de integração programadas para esta quinta e sexta, a Prefeitura de Teresina tem reforçado o trabalho de divulgação do novo sistema de transporte público. Além de campanha publicitária nos veículos de comunicação, a Superintendência Municipal de Transportes Públicos (Strans) está distribuindo material explicativo em toda a cidade.

 

O primeiro terminal a ser inaugurado será o do Itararé, nesta quinta (30),  às 17h. Fica localizado na BR 343, próximo à Fundação Bradesco. Na sexta, dia 01 de julho, às 18h, o prefeito Firmino Filho entrega oficialmente o Terminal do Livramento, próximo a Avenida Joaquim Nelson.

 

“Nesses dois terminais e no centro da cidade teremos equipes distribuindo material informativo e tirando as dúvidas dos usuários”, ressalta a Diretora de Transportes Públicos, Cintia Machado, acrescentando que desde segunda feira há equipes em campo nos três turnos divulgando como vai funcionar a nova integração.

 

Os terminais começam a funcionar no próximo sábado (02). Nesse primeiro momento, será realizada a integração somente na zona Sudeste e apenas nos finais de semana, no horário de 5h a meia noite. “Após as adequações necessárias, estenderemos para os dias úteis”, adianta Cíntia. Ela ressalta que os usuários, em cada categoria, devem ter o cartão para que façam a integração.

 

Integração terá fase de adaptação aos finais de semana

Após a inauguração dos terminais do Itararé e do Livramento, marcada para a próxima quinta e sexta, o sistema de integração terá uma fase de adaptação. Nesse período, as mudanças poderão ser percebidas apenas nos finais de semana e vai beneficiar somente  parte da zona Sudeste da capital.

 

Inicialmente, a integração da zona Sudeste poderá ser feita nos bairros Alto da Ressurreição, Redonda e Parque Jurema. “Essa medida foi necessária para que as pessoas se acostumem aos poucos com o novo sistema. Teremos ônibus específicos para fazer a integração e a expectativa é que em breve o serviço seja ampliado para os dias de semana e em toda zona Sudeste”, explicou o superintendente da Strans, Carlos Augusto Daniel Júnior.

O gerente de planejamento do órgão, Vinícius Rufino, ressalta que a grande vantagem da integração é a redução do tempo das viagens, o que vai garantir mais agilidade ao transporte público. “O ônibus da linha alimentadora (bairro/terminal) fará uma viagem mais curta, com isso poderá retornar de forma mais rápida para o bairro. Ao mesmo tempo, o usuário terá um maior número de linhas com destino ao centro da cidade, que são as linhas troncais (terminal/centro)”, explicou. Ele ressalta que os usuários só vão conseguir fazer a integração se tiverem o cartão expresso.

A líder comunitária  do Jardim Europa, Elioete Ferreira, mais conhecida como Aninha, acredita que, com o funcionamento dos terminais, o percurso dos ônibus ficará mais rápido. “As mudanças sempre geram  muitas dúvidas, por isso estamos sempre explicando para a nossa comunidade como irá funcionar”, complementou.

 

Para Raimunda Alves, do Renascença III, os terminais estão muito bonitos e com todos os  moradores estão torcendo para que ele comecem a funcionar. “Tudo no início pode parecer difícil, mas acreditamos que vai funcionar bem”, comenta.

Strans participa da viagem-teste do “Parada Amiga”

Com o objetivo de observar o primeiro dia de implantação do projeto Parada Amiga nas linhas 100 (Redonda/Shopping) e 104 (Santa Maria/Shopping) a diretora de transportes públicos da Strans, Cíntia Machado, fez a primeira viagem-teste partindo do terminal do bairro Redonda, na zona Sudeste, até o centro da cidade

O Projeto de Lei, de autoria do vereador Edvan Silva, que também participou da viagem-teste, visa proporcionar mais segurança para os usuários do transporte coletivo urbano da capital. Com essa medida os motoristas poderão parar fora do ponto de ônibus para o embarque e desembarque de mulheres, idosos e pessoas com deficiência, no horário das 22h30 às 6h.

De acordo com Cíntia Machado a Parada Amiga começou a funcionar e foi bem aceita. “Percebemos que o maior fluxo de pessoas que vão utilizar a Parada Amiga acontece quando o ônibus vem do centro para o bairro, especialmente mulheres que trabalham nos shoppings ou estudam à noite. Com esta medida elas e muitas outras pessoas serão beneficiadas”, disse.

A diretora reforça ainda que a implantação está sendo feita em fase experimental, inicialmente em duas linhas. “Após a fase experimental faremos uma análise do tempo, da segurança, da quantidade de paradas e outros aspectos. Com isso conseguiremos viabilizar o projeto”.

O vereador Edvan Silva considerou positivo o primeiro dia da implantação do Parada Amiga. “Nossa expectativa é que a medida seja estendida para todas as linhas da cidade, assim o município estará oferecendo para os usuários de transporte público o retorno para casa mais seguro”, disse.

A administradora de empresas Liana Gomes raramente utiliza ônibus à noite, mas reconhece que muitas pessoas precisam desse serviço e que a Parada Amiga terá grande utilidade. “Próximo à minha casa têm muitas pessoas que estudam ou trabalham à noite, esse projeto vai proporcionar mais segurança para essas pessoas”, enfatizou.

A comerciária Maria José da Silva Rocha, que trabalha no Shopping Riverside, diz que essa medida vai facilitar muito a vida dela. “Estou satisfeita com essa novidade, pois todos os dias retorno para casa após às 22h30 e fico morrendo de medo quando desço do ônibus para ir para casa. Agora poderei descer mais perto de casa e com mais segurança”, disse.

O eletricista Giliard da Silva diz que essa medida já deveria ter sido tomada há muito tempo, pois somente na sua rua muitas mulheres já foram assaltadas. “Vai ser muito bom para a população. Espero que futuramente seja ampliado para todas as linhas”.

Ônibus com ar condicionado é aprovado pela população

O primeiro dia de circulação dos ônibus com ar condicionado em Teresina agradou aos usuários. Nessa primeira etapa, os veículos com ar condicionado foram colocados na zona Sul de Teresina, principalmente nas linhas diametrais e circulares. Porém, a substituição dos coletivos é uma medida constante.  Os ônibus novos atendem às linhas 170 (Diametral-Poti Velho/Bela Vista), 270 (Diametral-Mocambinho/Porto Alegre), 360 (Diamentral-Mocambinho/ Promorar),  618 (Promorar-Shopping/Miguel Rosa), 615 (Sacy-Shopping/Miguel Rosa) e 723 (Rodoviária Circular I).

O morador do Bairro Angelim e ex-presidente da Associação de Moradores do Bairro Porto Alegre, Francisco Jonh Gomes, acredita que a chegada dos ônibus com ar condicionado é muito importante para melhorar o serviço de transporte público. “O Conjunto Porto Alegre  tem uma grande quantidade de usuários de transporte público, e os ônibus com ar condicionado estão oferecendo mais conforto para todas essas pessoas”, disse.

A estudante Katiane Medeiros da Silva elogia a chegada da nova frota e diz que os ônibus com ar condicionado representam a realização de um sonho para as pessoas que usam coletivos todos os dias em Teresina. “Ficamos felizes, esperamos que essa seja apenas a primeira etapa é que venham mais ônibus climatizados para todos os bairros da cidade”, complementou.

A funcionária pública Joana Ferreira diz que os ônibus com ar condicionado representam um grande avança para o serviço de transportes públicos, mas é preciso que os terminais sejam concluídos, pois assim teremos um melhora atendimento. “Pelo que ficamos sabendo os terminais irão trazer mais rapidez para os ônibus, por isso estamos torcendo para que eles sejam construídos logo”, finalizou.

Joana Ferreira elogia os novos ônibus

Joana Ferreira elogia os novos ônibus

Katiane Medeiros espera que os ônibus sejam levados para as outras zonas

Katiane Medeiros espera que os ônibus sejam levados para as outras zonas

Strans intensifica fiscalização de táxi e mototáxi

 

Com o objetivo de coibir o transporte ilegal de passageiros a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está intensificando a fiscalização nos pontos de táxis e mototáxis em vários bairros da cidade. Durante a operação os fiscais verificam a documentação dos veículos, dos condutores e os alvarás, em se constatando a irregularidade, são apreendidos o veículo e o material clandestino.

Somente na manhã de hoje (12) foram recolhidas três motos que estão servindo para transporte ilegal para passageiros, inclusive, uma delas tinha placa clonada e o número da permissão não correspondia com o modelo da moto.

De acordo com a Diretora de Transportes Públicos da Strans, Cíntia Machado, a operação de fiscalização está sendo intensificada para garantir a segurança dos usuários do serviço. “Estamos realizando uma ação em várias áreas da cidade e temos como objetivo coibir o transporte ilegal de passageiros. Precisamos inibir a ação dos clandestinos, pois somente assim poderemos oferecer um serviço de qualidade”, enfatizou.

A diretora ressalta que as operações de fiscalização são realizadas diariamente e são apreendidos veículos, taxímetros, coletes e capacetes clandestinos. Os nossos fiscais estão trabalhando para reduzir o transporte clandestino, pois existem muitas pessoas trabalhando de forma irregular, sem a permissão. Lembramos que os usuários devem utilizar o transporte regularizado, pois ele foi vistoriado pela superintendência, tem o alvará para prestar o serviço e irá cobrar o preço justo.”, complementou.

Cíntia alerta ainda que as pessoas devem evitar a utilização do transporte clandestino, pois esse não é um serviço regularizado pela Strans. “Não podemos garantir que um transporte clandestino ofereça um serviço de segurança e qualidade, por isso é importante que o usuário dê preferência aos veículos regularizados.”, finalizou.