O primeiro dia da volta do transporte público na capital teve ônibus circulando sem aglomerações. Na manhã desta quarta-feira (08), 14 fiscais da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), acompanharam o cumprimento da frota estipulada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e o percurso dos veículos desde a saída das garagens, às 4h.

Os 14 fiscais se dividiram entre as zonas da cidade para verificar o uso obrigatório de máscaras dos operadores e passageiros, cumprimento da frota estipulada pelo TRT, sanitização dos veículos e o percurso estabelecido no formato radial (bairro para o Centro).

O gerente de fiscalização da Strans, Pedro Moura, relata que não foram verificadas lotações durante toda a manhã desta quarta-feira e alerta para que a população utilize o transporte somente em situações essenciais. “Nesta manhã não verificamos lotações nos horários de pico, 6h às 9h, em que tivemos disponíveis 70% da frota. Esperamos que a movimentação se mantenha assim nesta primeira etapa de reabertura gradual do comércio e que a população só utilize o transporte coletivo para serviços essenciais e abastecimento pessoal”, enfatiza.

Sanitização

Além da sanitização das estações de embarque e desembarque de passageiros e paradas de ônibus de competência da Strans, está sendo feita também a higienização dos veículos ao final de cada viagem nas paradas finais dos bairros. Já no final de cada turno, durante a noite, o Setut é responsável pela sanitização dos ônibus nas garagens.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).