A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans) implantará na próxima segunda-feira (23) duas linhas expressas de transporte público: a linha expressa 01 (Torquato Neto/Miguel Rosa) e a linha expressa 02 (Irmã Dulce/Barão de Gurgueia).  A medida é resultado da consultoria realizada pela Prefeitura de Teresina, em parceria com as concessionárias de transporte público coletivo.

O objetivo da implantação é reduzir o tempo de viagem, dando mais celeridade ao deslocamento dos usuários. Confira abaixo como serão os itinerários das linhas:

– Linha expressa 01 (Torquato Neto/Miguel Rosa): partirá do Residencial Eduardo Costa, passando pelo Torquato Neto, bairro Porto Alegre e seguirá pela BR 316 até o corredor Sul 1, que é composto pela Avenida Prefeito Wall Ferraz e a Avenida Miguel Rosa, retornando da praça João Luis Ferreira.

– Linha expressa 02 (Irmã Dulce/Barão de Gurgueia): partirá da região do Torquato Neto, passando pelo bairro Porto Alegre, Esplanada, Vila Irmã Dulce, seguindo pela Henry Wall de Carvalho, utilizando o corredor Sul 2, composto pelas avenidas Henry Wall de Carvalho e Barão de Gurgueia, retornando a Praça Saraiva.

O gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, comenta que existem algumas mudanças nas linhas expressas em relação às demais que circulam na cidade.

“No caso da linha Miguel Rosa, a partir do balão da BR 316 com a Avenida Airton Sena, ela vai se deslocar sem operação de embarque e desembarque até a estação Justiça Federal, que fica na região do Bela Vista. Só depois ele passa a embarcar e desembarcar novamente os passageiros até o Centro. A linha expressa da Barão de Gurgueia fará a mesma coisa, ou seja, partirá do Torquato Neto, fará o deslocamento por todo o itinerário dentro da Irmã Dulce e ao alcançar a região da Avenida Henry Wall de Carvalho, nas imediações do Garden, fará o deslocamento até a estação do Saci, nas proximidades da Caixa Econômica Federal. A partir daí é que ele voltará a fazer as operações de embarque e desembarque”, explica o gestor.

Denilson também chama a atenção para que a população identifique as linhas que irão utilizar para evitar transtornos, uma vez que elas não terão embarque e desembarque a partir de certo ponto do trajeto.

“O usuário deve observar o nome da linha e a placa de que ele é expresso. Com isso, a pessoa deve estar ciente de que não terão operações de embarque e desembarque nesses dois trajetos que informamos. O intuito, nesse momento de reforço de operação, é fazer com que a população que vai a um destino específico faça uso dessa linha e de toda forma sobrepõe parte do trecho alimentador e troncal. Para isso, nós utilizaremos veículos semelhantes aos das linhas troncais”, pontua.

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).