A categoria fotografia é a única do VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito voltada para o público em geral. O prazo para inscrição é até a próxima sexta-feira (01) e o vencedor da categoria receberá premiação de R$ 2 mil e o segundo colocado R$ 1 mil.

O prêmio foi criado pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) com o objetivo de ser mais um instrumento para provocar reflexões na sociedade sobre o comportamento no trânsito.

Na categoria fotografia o autor deve se inspirar no tema “Atitude legal que me chama atenção no trânsito”. A foto deve ser no tamanho 15cm x 21cm, inédita, e ser entregue com duas cópias e a ficha de inscrição preenchida na sede da Strans, na sala da Gerência de Educação de Trânsito, das 7h30 às 13h30, até esta sexta-feira.

O primeiro colocado na categoria no ano passado foi Esdras Phelipe de Oliveira Santos, com a foto de um adulto e uma criança em uma moto, sem capacetes, em uma via com muito trânsito.

“Foi uma forma de chamar atenção sobre o descumprimento da legislação e para que a gente reflita sobre as infrações e a falta de segurança no trânsito. Eu, que gosto de fotografar, me senti muito satisfeito sendo o vencedor”, relatou Esdras.

Sobre o prêmio

O prêmio está dividido nas categorias professor, aluno e profissional da comunicação (rádio, tv, jornal, revista, portal, responsabilidade social e fotografia).

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, que também coordena o prêmio, afirma que ele é mais um instrumento de mobilização da sociedade sobre o comportamento no trânsito. “O prêmio abrange todos os participantes do trânsito: o motociclista, o motorista e o pedestre. É importante para Teresina, pois a cidade tem perdido muitas vidas no trânsito”, diz.

Ela destaca ainda que na categoria profissionais da comunicação as matérias inscritas deverão ser veiculadas até o dia 31 deste mês.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).