Após treze dias úteis de funcionamento do Corredor Leste e do Terminal Livramento a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) detectou alguns problemas, especialmente, na chegada dos ônibus no terminal e no horário de saída para os bairros, por isso a Superintendência fez alguns ajustes nos horários dos ônibus.

De acordo com o Gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, os ajustes estão sendo feitos para que o atendimento melhore a cada dia. “Fizemos uma adequação na frota a fim de atender melhor os usuários. Percebemos que houve uma mudança no comportamento das pessoas, a linha que tinha frota com uma menor quantidade de usuários passou por uma realocação para manter um atendimento mais uniformizado”, disse.

Guerra reforça que além dessa adequação da frota foram feitas modificações nas viagens no fim do segundo turno (noite), para que elas se ajustem da melhor forma com as linhas troncais, assim é possível reduzir o tempo de espera na plataforma para pegar os alimentadores. “Desde a implementação dos ajustes até hoje já percebemos uma significante melhora na operação complementou.

O gerente reforça que o sistema está sendo monitorado todos os dias, e que à medida que foram sendo identificados os problemas, os ajustes estão sendo feitos. “No início da semana vamos avaliar o comportamento, pois sempre há uma mudança, por isso fazemos um monitoramento diário do serviço”, enfatizou.

O gerente reforça que tanto nos terminais como nas estações de embarque e desembarque têm pessoas do “Posso Ajudar” para tirar as dúvidas dos usuários. “As pessoas que ainda tiverem dúvidas quanto a utilização do novo sistema podem procurar as equipes do “Posso Ajudar” ou os fiscais de transportes públicos que estão nos terminais para tirar todas as dúvidas”, esclarece.

A dona de casa Ana Maria Silva, que mora no Alto da Ressurreição, diz que aos poucos está conseguindo entender o novo sistema. “Estou gostando muito dessas novas paradas, a gente tem conforto. De quando começou para cá, a gente já percebe que melhorou”, citou.

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).